Colégio Web

Hanseníase

Publicidade

O caso de pessoas no Brasil com Hanseníase é considerado grave, conheça mais sobre essa doença, suas causas, sintomas e tratamento.

No Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 29 mil novos casos da doença apareceram, mas esse número ainda é inferior ao da Índia que apresenta mais de 127 mil casos.

O que é Hanseníase?

Hanseníase é uma doença causada pelo parasita bacilo de Hansen, o Mycobacterium lepra que ataca a pele e nervos periféricos, podendo afetar o fígado, testículos e olhos. A primeira aparição da doença é vista na pele, com manchas dormentes avermelhadas ou esbranquiçadas em qualquer parte do corpo. Além dessa que é o principal sintoma, os outros são: caroços, inchaços, fraqueza muscular, dor nas articulações e placas.

Transmissão

A Hanseníase pode ser transmitida através de secreção ou pelo ar que saem das vias aéreas respiratórias e pela saliva (secreções nasais, tosses, espirros). Esse parasita pode infectar muitas pessoas, mas poucas delas adoecem, pois a maioria tem defesas no organismo que impedem a proliferação.

A hanseníase não transmite por:

  • Meio de copos, pratos, talheres, portanto não há necessidade de separar utensílios domésticos da pessoa com hanseníase.
  • Assentos, como cadeiras, bancos;
  • Apertos de mão, abraço, beijo e contatos rápidos em transporte coletivos ou serviços de saúde;
  • Picada de inseto;
  • Relação sexual;
  • Aleitamento materno;
  • Doação de sangue;
  • Herança genética ou congênita (gravidez);

Tratamento

Quando os sintomas citados aparecerem o ideal é procurar um médico que irá lhe indicar o melhor tratamento que é ambulatorial, onde uma série de medicamentos são receitados e muitos deles gratuitos. Além disso, o paciente pode desenvolver suas atividades diárias normalmente.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados