Colégio Web

Gastrite – Sintomas, tratamento e prevenção

Publicidade

Às vezes pensamos que aquela dor abdominal é apenas um mal estar passageiro, mas pode não ser assim. Você sabia que metade da população brasileira possui uma bactéria no estômago chamada H.pylori?

O que é H.pylori?

É uma bactéria que não provoca sintomas, caso não esteja relacionada com outras doenças. Podemos adquirir essa bactéria ainda quando criança e se desenvolver apenas na fase adulta. Trata-se de uma infecção provocada por meio de ingestão de água e alimentos contaminados. Apenas a presença em nosso organismo não apresenta nenhum sintoma, mas quando o indivíduo desenvolve uma doença da mucosa gástrica (úlcera ou gastrite) podem surgir alguns sinais.

HPylori

Sintomas da gastrite

Alguns sinais que surgem com o aparecimento da doença são náuseas, sensação de estômago cheio após a ingestão de alimentos, queimação, má digestão e desconforto abdominal. Pessoas mais sensíveis podem desenvolver úlceras e até mesmo o câncer de estômago, se não for tratado e diagnosticado a tempo, pois muitas vezes entendemos que pode ser uma simples má digestão, não procurarmos um médico de imediato.

Prevenção da gastrite

A melhor forma de prevenção da doença é melhorando as condições básicas de higiene da população, pois o índice de pessoas contaminadas pela doença é maior em regiões mais precárias de saneamento básico e higiene. Nesse caso, a informação em Postos de Saúde e por meio do trabalho de seus agentes seria outra forma de prevenção, assim como campanhas de conscientização da doença.

Gastrite

Tratamento da gastrite

O tratamento é simples e a doença pode ser diagnosticada por meio de exames indolores, como a endoscopia, exame de sangue e fezes que são solicitados por um médico especialista. É preciso constatar se existe algum tipo de infecção, a fim de indicar ao paciente o medicamento correto e eficaz. Detectada a doença, o tratamento é realizado por meio de antibióticos associados a outros medicamentos que bloqueiam a secreção ácida eliminando a bactéria do estômago e ajudando no processo de cicatrização.

O tratamento deve ser realizado de forma correta. Após quatro semanas de tratamento, novos exames são realizados para a confirmação de que ocorreu a cura.

Para quem sofre de doenças como a gastrite e a úlcera, não é aconselhável ingerir alimentos gordurosos e ao mesmo tempo uma grande quantidade, principalmente à noite. É muito importante uma alimentação regrada de fibras, tais como cereais e frutas (mamão e ameixa).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados