Colégio Web

Diabetes tem cura? Como tratá-la?

Publicidade

O tratamento para diabetes é a melhor maneira de controlá-lo, já que ele não tem cura. Reforçando a ideia: a melhor cura para o diabetes é o seu controle. Pessoas que sigam as recomendações médicas podem levar uma vida saudável. No entanto, aqueles que não as seguem, esses sim correm sérios riscos de vida.

Em estudos norte-americanos evidenciou-se o que os médicos classificam como pessoas propensas ao diabetes tipo 2, conhecidos como “pré-diabetes”. Nesses casos o paciente contém níveis elevados de açúcar no sangue, porém a prática de exercícios e uma dieta equilibrada podem reduzir os riscos para se tornar definitivamente um diabético.

Todos esses pontos serão devidamente explorados nos tópicos a seguir, abaixo.

Os efeitos colaterais do diabetes tipo 1

Diabetes tem cura

O pâncreas é o órgão responsável pela produção de insulina. Quem é diagnosticado com a doença possui sérios riscos na produção da substância, dado que o sistema imunológico trabalha atacando as células responsáveis pela produção da insulina.

Entre os pacientes com diabetes, o diabetes tipo 1 ocorre em apenas 10% daqueles em que os exames apontam como positivos para a doença. A melhor maneira de como tratar diabetes nesses casos é por meio de injeções de insulina, a fim de regular as taxas desse componente no sangue.

A doença ocorre em qualquer pessoa, sem restrição de idade. Ou seja, o perfil é bastante variado acometendo principalmente os seguintes:

  • Crianças;
  • Adolescentes;
  • Adultos jovens.

O diabetes tipo 2 tem cura?

Pessoas que têm o diabetes tipo 2, ao seguir os acompanhamentos médicos, podem ter como resultados a diminuição do peso e índices de açúcar no sangue em níveis comparáveis a de pessoas normais.

Em tese, muitos imaginam que a cura tenha ocorrido. Todavia, a imprudência em determinados casos faz com que o peso volte e, consequentemente, os outros problemas acompanhados da doença também, ao ser realizado o exame de sangue, como muitos médicos assim constatam.

Ou seja, a cura para o diabetes deve ser vista pelo acompanhamento constante dos profissionais da área da medicina, em que o indivíduo com a doença passa a ter uma vida próxima da normal, à medida que encara com seriedade e disciplina tudo que os médicos orientam.

Diabetes Cura

Considerações sobre o diabetes

A ideia de que o diabetes tem cura deve ser vista com bastante cautela. Adotar as recomendações e realizar exames periódicos pode levar o indivíduo a crença de que esteja curado, porém o descuido inevitavelmente compromete o tratamento.

O caso em que a doença pode ser considerada curada mesmo é o de gestantes. O diabetes gestacional é o tipo de diabetes que tem cura. Essa condição se caracteriza quando a grávida está com hiperglicemia, que são as taxas elevadas de glicose na corrente sanguínea.

Cientificamente, sua cura ocorre quando o parto é realizado, reduzindo assim os níveis de glicose, levando-o para taxas normais. Porém, as chances de a mulher ser classificada com diabetes tipo 2 são altas. Por isso, um acompanhamento é importante, especialmente nos primeiros momentos após o parto.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados