Colégio Web

Como cuidar de dores no joelho?

Publicidade

Se tem uma coisa que ninguém gosta de sentir é dor. Ela é incômoda e atrapalha todas as atividades do dia a dia. Afinal, é impossível fazer qualquer coisa sem se lembrar daquele incômodo que nos acompanha. E quem sofre de dor no joelho, sabe muito bem do que estou falando. Além da péssima sensação, é quase impossível conseguir se locomover no dia a dia. Mas, neste artigo, eu vou ensinar como cuidar de dores no joelho, por que isso ocorre e muito mais. Confira:

O que é a dor no joelho?

A dor no joelho pode afetar pessoas de qualquer idade e ser motivo de vários problemas. A dor pode ser resultado de uma lesão, ligamento ou cartilagem rompida, ou até mesmo relacionada a outros problemas de saúde, como artrite.

Como cuidar de dores no joelho

No geral, a dor é provocada pelo uso excessivo da região de uma forma inadequada ou de demais problemas de saúde. Ela é muito comum para quem pratica determinados esportes que necessitam do uso intenso do joelho. Por isso, é essencial fazer alongamentos antes de iniciar qualquer atividade física. Conheça quais são as outras causas de dores no joelho:

  • Artrite, incluindo a artrite reumatoide, osteoartrite e gota
  • Cisto de Baker
  • Bursite
  • Distúrbios do tecido conjuntivo, como o lúpus
  • Luxação patelar
  • Síndrome da faixa iliotibial
  • Infecção na articulação
  • Lesões no joelho
  • Doença de Osgood-Schlatter
  • Tendinite
  • Rompimento da cartilagem (do menisco)
  • Rompimento do ligamento (rompimento LCA)
  • Distensão ou entorse
  • Excesso de peso

Sintomas

dores no joelho

Pode parecer óbvio pensar que para este tipo de problema o único e principal sintoma é a dor. Nem sempre é assim. A dor na região também pode vir acompanhada de inchaço e rigidez muscular, vermelhidão e calor ao toque, fraqueza ou instabilidade e incapacidade para endireitar ou até mesmo esticar totalmente o joelho.

E claro que, diante de qualquer uma dessas situações, é fundamental procurar uma ajuda médica. Consultar um ortopedista é essencial para tirar as conclusões do que está acontecendo e fazer os devidos tratamentos.

Veja abaixo uma lista que define em quais situações é essencial pedir o socorro médico:

  • Não conseguir suportar o peso do corpo no joelho;
  • Caso a dor seja intensa, mesmo quando não estiver apoiando com o próprio peso;
  • O joelho ficar preso, estalar ou travar, evitando conseguir esticar a perna totalmente;
  • O joelho estiver deformado/desconfigurado;
  • Haver febre, vermelhidão ou se a área ao redor do joelho ficar quente ou com inchaço significativo;
  • Em caso de dores, inchaço, entorpecimento, formigamento, panturrilha dolorida ou se ainda apresentar coloração azulada;
  • A dor no joelho ainda continuar persistente mesmo após, no máximo, três dias de tratamento em casa.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados