Colégio Web

Fumo: Doenças causadas pela Nicotina

Neste dia nacional de combate ao fumo, conheça quais as doenças mais comuns aos fumantes.

cigarro

Publicidade

Quem fuma, sabe que pela frente irá encontrar uma série de doenças que demoram, mas que com o tempo aparecem e podem ser letais. O cigarro começou a ser industrializado em 1840, antes eles eram feitos manualmente como os de palha, hoje, são vendidos livremente (para maior de 18 anos) em qualquer estabelecimento.

O cigarro é composto por milhares de substâncias nocivas à saúde, quanto maior o tempo de fumo, maiores são as chances dessa pessoa desenvolver doenças sérias.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) mais de um terço da população mundial adulta seja composta por fumantes, e cerca de 120 mil morrem vítimas do tabagismo só no Brasil.

Fumantes Passivos

Os fumantes passivos são aquelas pessoas que inalam a fumaça do cigarro sem ao menos ter contato com o tabaco, além disso, existem mais de 2 bilhões de fumantes passivos no mundo, que causam 50 mil mortes ao ano e a fumaça inalada permanece no sangue por 48 horas.

As crianças, ou melhor, os bebês que têm pais fumantes têm 30% de chances de morte súbita no berço, mesmo que os pais não fumem perto dele, o índice dessa criança adquirir asma, bronquite e alergias é ainda maior.

Conheça quais os tipos de doenças que o cigarro causa:

  • Aneurisma arterial
  • Angina
  • Bronquite
  • Catarata
  • Câncer de boca
  • Câncer de estômago
  • Câncer de laringe
  • Câncer de pulmão
  • Enfisema nos pulmões
  • Impotência sexual
  • Infarto do miocárdio
  • Infecções respiratórias
  • Leucemia
  • Redução da capacidade de aprendizado e memorização
  • Rinite Alérgica
  • Trombose vascular
  • Úlcera do aparelho digestivo

Parar de fumar

Para não adquirir nenhuma das doenças citadas, a melhor solução é parar de fumar, segundo especialistas, o pulmão demora de 2 (dois) a 5 (cinco) anos para limpar os resíduos de nicotina, depois disso a pessoa apresenta melhoras na pressão arterial, na frequência cardíaca e o risco de infarto diminui bastante, e após o período de duas semanas a três meses, o paciente consegue caminhar de forma mais fácil e menos cansativa.

E, para alertar a população sobre os riscos do tabagismo foi criado o Dia Nacional de Combate ao Fumo no dia 29 de agosto.

Para quem não fuma, saiba que experimentar um cigarro pode ser a porta de entrada para este perigoso vício.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados