Colégio Web

Azia – Definição, causas, alimentos e tratamento

Vamos entender melhor o que é a azia, suas causas, quais os alimentos causadores desse distúrbio, além de dicas para tratamento!

Publicidade

Você já sentiu aquele mal-estar, sensação de desconforto? Aquela sensação de queimação, e isso ocorre, principalmente, quando você ingere algum alimento? Pode ser azia ou pirose, como é conhecida. Vamos entender melhor o que é a azia, suas causas e quais os alimentos causadores desse distúrbio.

O que é azia?

A azia é o retorno para o esôfago do conteúdo gástrico, e isso ocorre quando a mucosa não está preparada para receber essa substância bastante ácida.  A pessoa sente uma queimação (dor) que sobe do peito até o pescoço. É inclusive capaz de atingir outras partes do corpo, como a garganta e os pulmões quando agredidos. Quando o indivíduo possui bronquite piora o quadro consideravelmente.

Causas da azia

A alimentação é a maior causadora da azia ocasional. Muitas vezes, abusamos e ingerimos uma quantidade maior de alimentos, portanto comer em demasia não é um bom negócio. Certos tipos de alimentos podem influenciar e causar a azia, como bebidas alcoólicas, sucos cítricos, cafeína, chocolate, tomate, alho e cebola entre outros.

Em certos momentos, pode não ser uma indisposição passageira, mas ser um dos principais sintomas para quem sofre de síndrome do refluxo ácido ou doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Esse distúrbio é causado pelo mau funcionamento da válvula entre o estômago e o esôfago. Em alguns casos, esse distúrbio também é causado por motivos emocionais e pelo o excesso de peso.

AZIA

Alimentos X Azia

Como já mencionamos alguns alimentos podem contribuir para causar a azia, portanto devem ser evitados, principalmente, para quem sofre do refluxo ácido. Alguns alimentos são:

  • Tomate: é um alimento muito saudável, que possui ação antioxidante e nutrientes para a proteção do coração, mas por ter um alto teor ácido não é recomendado;
  • Alho e cebola: para algumas pessoas com maior sensibilidade agrava o refluxo ácido;
  • Frutas e sucos cítricos: o consumo, em excesso, aumenta a acidez no estômago;
  • Hortelã: possui efeito calmante, mas o aroma da hortelã estimula a produção de ácido;
  • Álcool: aumenta a produção de ácido no estômago irritando o revestimento gástrico;
  • Chocolate: esse alimento causa um mal-estar duradouro, abre caminho para o ácido refluir;
  • Vinagre: aumenta a acidez no estômago;
  • Cafeína: estimula a produção do ácido no estômago.

Tratamento

Em primeiro lugar, deve-se procurar um especialista (gastroenterologista) para expor o problema. Posteriormente, realizar exames específicos para detectar se existe algum distúrbio. Em caso de tratamento clínico, são utilizados medicamentos que melhoram o funcionamento do esôfago e diminui a produção de ácido pelo estômago.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados