Colégio Web

AVC: Acidente Vascular Cerebral

AVC

Publicidade

O AVC é a doença que mais faz vítimas no Brasil. Conheça suas causas e tratamentos.

AVC é a sigla da palavra Acidente Vascular Cerebral ou Acidente Encefálico conhecido por muitos como derrame cerebral é causado pelo entupimento ou rompimentos dos vasos sanguíneos do cérebro.

Quando atingido, o paciente pode ter algumas lesões como paralisação ou dificuldade de movimentação dos membros de um mesmo lado do corpo, dificuldade na fala ou articulação das palavras e déficit visual.

No Brasil, o AVC é uma das doenças que mais mata atingido quase 100 mil pessoas. No ano 2000 foram mais de 84.713 óbitos, passando para déficit.

Prevenção

Para se prevenir da doença, existem alguns cuidados com a saúde que devem ser adotados como: Controle da pressão arterial, da taxa de glicose no sangue e do colesterol. Além disso, é necessário manter uma dieta balanceada, fazer exercícios físicos, não fumar e nem ingerir bebidas alcoólicas.

Quando doente, o paciente deve adotar ao tratamento dietoterápico, ou seja, um tratamento consiste na realização de uma dieta balanceada, adaptada individualmente para cada pessoa,a partir da determinação do metabolismo basal e levando em consideração os exercícios praticados-o gasto calórico diário.

Tratamento dietoterápico

  • Mudanças nos hábitos alimentares durante a recuperação
  • Regularizar os horários das refeições para que se possa aumentar o fracionamento.
  • É recomendado realizar refeições pequenas e frequentes, de 6 a 8 refeições por dia, sendo elas: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia;
  • Comer devagar;
  • Selecionar uma grande variedade de alimentos;
  • Os alimentos devem ser bem cozidos e servidos em consistência pastosa na forma de papas, purês, cremes e mingaus;
  • Usar caldo de carne e molhos para umedecer carnes e legumes.
  • Evitar a ingestão de líquidos durante as refeições, a fim de evitar a sensação de plenitude gástrica;
  • Beber bastante líquido no intervalo das refeições, ao longo do dia;
  • Os líquidos devem ser espessados e sorvidos lentamente;
  • Espessar os líquidos com cereais infantis, batatas amassadas, flocos de batata, ou amido de milho.
  • Oferecer alimentos na temperatura fria e nunca alimentos quentes para evitar náuseas;
  • Para aumentar o aporte calórico e evitar a perda de peso, acrescentar: óleos (ricos em gordura monoinsaturada), azeite, margarinas, queijos cremosos, molhos, açúcar, mel e farinhas às preparações;
  • Aumentar a ingestão de frutas, sendo que estas devem ter suas fibras abrandadas pelo calor ou devem ser servidas amassadas para facilitar a deglutição;
  • Dar preferência ao leite e derivados desnatados;
  • Evitar alimentos gordurosos, ingestão de alimentos fonte de gordura saturada e trans como carne vermelha, frituras e queijos amarelos;
  • Moderar o consumo de café, álcool, chá preto, chá mate, chocolate, refrigerante e alimentos condimentados;
  • Evitar esforçar-se após as refeições (20 a 30 minutos após a ingestão de alimentos);
  • A última refeição do dia deve ser realizada cerca de 3 horas antes de deitar;
  • Evitar roupas apertadas, especialmente após as refeições;

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados