Colégio Web

Gonçalves Dias (Caxias, MA, 1823 – Naufrágio, Costas do Maranhão, 1864)

Publicidade

GONÇALVEZ DIAS (Caxias, MA, 1823 – Naufrágio, Costa do Maranhão, 1864). 

Homem mestiço, filho de português e cafusa. No ano de 1838, foi para Coimbra, para estudar direito, se formou em Bacharel no ano de 1844. Neste mesmo ano voltou para o Brasil para se dedicar ao jornalismo. 

No ano de 1851, viajou para o Amazonas, em comissão de Estudos e no ano de 1854, viajou para a Europa á pedido da Secretaria de Negócios Estrangeiros, onde ele trabalhava. 

Gonçalves Dias foi o primeiro poeta Romântico brasileiro a trazer as tradições indígenas como ritos, lendas e personagens para o âmbito artístico. 

Obra.

Poesia:

Os Timbiras – 1857.
Últimos Cantos – 1851.
Cantos – 1857.
Primeiros Cantos – 1846.

Teatro:

Boabdil.
Beatriz Cenci.
Leonor de Mendonça.

Outros gêneros:

Brasil e Oceania – 1852.
Dicionário da Língua Tupi – 1857.
Meditação – 1845/6.

Tradução: 
A Noiva de Messena, de Schiller – 1863 (Lisboa).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados