Colégio Web

Partes de uma dissertação

Publicidade

* Introdução 

Constitui o parágrafo inicial do texto e deve ter, em média, 5 linhas. É composta por uma sinopse do assunto a ser tratado no texto. Não se pode, entretanto, começar as explicações antes do tempo. Todas as idéias devem ser apresentadas de forma sintética, pois é no desenvolvimento que serão detalhadas. 

Na construção da introdução, deve-se lançar as idéias a serem explicitadas no desenvolvimento. Para tanto pode-se levantar 3 argumentos, causas e conseqüências, prós e contras. 

* Desenvolvimento 

Esta segunda parte de uma redação, também chamada de argumentação, representa o corpo do texto. Aqui serão desenvolvidas as idéias propostas na introdução. É o momento em que se defende o ponto de vista acerca do tema proposto. Deve-se atentar para não deixar de abordar nenhum item proposto na introdução. 

Pode estar dividido em 2 ou 3 parágrafos e corresponde a umas 20 linhas, aproximadamente. 

A abordagem depende da técnica definida na introdução: 3 argumentos, causas e conseqüências ou prós e contras. O conceito de argumento é importante, pois ele é a base da dissertação. Causa, conseqüência, pró, contra são todos tipos de argumentos; logo pode-se apresentar 3 causas, por exemplo, num texto. 

A reflexão sobre o tema proposto não pode ser superficial, para aprofundar essa abordagem buscam-se sempre os porquês. 

De modo prático o procedimento é: 

Levantar os argumentos referentes ao tema proposto.
Fazer a pergunta por quê? a cada um deles, relacionando-o diretamente ao tema e à sociedade brasileira atual. 

A distribuição da argumentação em parágrafos depende, também, da técnica adotada: 

3 argumentos um parágrafo explica cada um dos argumentos 

causas e conseqüências podem estar distribuídas em 2 ou 3 parágrafos. Ou agrupam-se causas e conseqüências, constituindo 2 parágrafos; ou associa-se uma causa a uma conseqüência e com cada grupo constroem-se 2 ou 3 parágrafos. 

prós e contras são as mesmas opções da técnica de causas e conseqüências, substituídas por prós e contras 

abordagem histórica compara-se o antes e o hoje, elucidando os motivos e conseqüências dessas transformações. Cuidado com dados como datas, nomes etc. de que não se tenha certeza. 

abordagem comparativa usam-se duas idéias centrais para serem relacionadas no decorrer do texto. A relação destacada pode ser de identificação, de comparação ou as duas ao mesmo tempo. 

É muito importante manter uma abordagem mais ampla, mostrar os dois lados da questão. O texto esquematizado previamente reflete organização e técnica, valorizando bastante a redação. Logo, um texto equilibrado tem mais chances de receber melhores conceitos dos avaliadores, por demonstrar que o candidato se empenhou para construí-lo. 

* Conclusão 

Representa o fecho do texto e vai gerar a impressão final do avaliador. Deve conter, assim como a introdução, em torno de 5 linhas. 

Pode-se fazer uma reafirmação do tema e dar-lhe um fecho ou apresentar possíveis soluções para o problema apresentado. 

Apesar de ser um parecer pessoal, jamais se inclua.
Evite começar com palavras e expressões como: concluindo, para finalizar, conclui-se que, enfim… 

Evite em uma dissertação:

– Não coloque ponto no título de uma redação.
– Não coloque no final do texto qualquer coisa escrita ou riscos de qualquer natureza, nem assine seu nome no final.
– Não repita muitas vezes as mesmas palavras, para não empobrecer o texto.
– Jamais abrevie palavras.
– Evite o uso de etc.
– Substitua as palavras “algo”, “coisa”, por elemento, fator, item, etc.
– Use sempre palavras da língua portuguesa, evite as estrangeiras.
– Evite usar provérbios, chavões, ditos populares ou frases feitas.
– Evite questionamentos em seu texto, sobretudo em sua conclusão.
– Jamais use a primeira pessoa do singular, a menos que haja solicitação do tema (Ex.: O que você acha sobre o aborto – ainda assim, pode-se usar a 3ª pessoa)
– Só cite exemplos de domínio público, sem narrar seu desenrolar. Faça somente uma breve menção.
– A emoção não pode perpassar nem mesmo num adjetivo empregado no texto. Atenção à imparcialidade.
– Nuca analise assuntos polêmicos sob apenas um dos lados da questão.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados