Colégio Web

A família Curie

Publicidade

27. A família Curie

Marie Sklodowska nasceu em 1867 na Polônia. Em 1891 se mudou para Paris para estudar Química e Física na Sorbonne, onde conheceu o físico Pierre Curie, com quem se casou em 1895. 

Marie Curie e Pierre trabalhavam no laboratório Becquerel, o cientista que descobriu os “raios de Becquerel”, e esta descoberta despertou um profundo interesse no casal, que logo passou a chamar o fenômeno de radioatividade. 

O casal descobriu um novo elemento 400 vezes mais radioativo que o urânio, denominado polônio. Alguns anos mais tarde, outro elemento, mais radioativo que o polônio, foi descoberto pelo casal, este foi denominado radio. 

Em 1903, o casal recebeu junto com Becquerel o Prêmio Nobel de Física pelas pesquisas em radioatividade. 

Pierre Curie morreu em 1906. Marie Curie tornou-se a primeira lecionista mulher da Sorbonne. Em 1911, Marie recebeu o Prêmio Nobel de Química por ter descoberto os elementos polônio e radio. Tornou-se diretora do Instituto Rádio Paris. Irène Curie, filha do casal, auxiliava a sua mãe. 

Em 1934, Marie Curie morreu vítima de leucemia, e Irène deu continuidade no seu trabalho junto com seu marido Fréderic Joliot-Curie. O casal criou o primeiro isótopo radioativo artificial, e em 1935 receberam o Prêmio Nobel de Química por este trabalho. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados