Colégio Web

Gases nobres e a atmosfera

Os gases nobres são raros e não se combinam com outras substâncias. Conheça alguns deles e confira mais detalhes sobre a atmosfera!

Publicidade

Aprendemos que os gases são elementos constantes no ar atmosférico e que os gases são importantes para a sobrevivência do ser humano, para os vegetais e para os todos os seres vivos.  O ar atmosférico é formado pelos gases, por vapor de água, poeira e micróbios.

Os gases nobres recebem esse nome devido à raridade com que são encontrados no ar, pois existem em pequenas quantidades. Esses gases são nobres, também, pois não se combinam com outras substâncias para efeitos de reações químicas, e podemos usá-los para várias finalidades.

Os gases nobres mais conhecidos são: hélio, argônio, neônio, criptônio, xenônio, radônio e ununóctio.

O hélio é um gás muito leve, por esse motivo é usado para encher balões, dirigíveis, gás engarrafado para utilização em mergulhos. Não podemos deixar de dizer que é um elemento químico representado, simbolicamente, por He.

Quem nunca viu um letreiro de luz de neon? Vimos vários não é mesmo! O neônio é um gás nobre leve e incolor que usamos para publicidade, em letreiros, placas, além de ser usado para o emprego de lâmpadas fluorescentes. É um elemento químico representado, simbolicamente, por Ne.

Argônio é um gás leve e incolor. É um elemento químico representado, simbolicamente, por Ar. Utilizamos em nosso dia a dia, principalmente, para preenchimento de lâmpadas e tem a finalidade de proteção para o filamento da lâmpada não permitindo a queima devido à passagem de corrente elétrica.

Gases Nobres

Os vapores de água

Você já observou quando a água ferve numa panela? Podemos ver o vapor da água saindo pela panela e se misturando no ar.  Esse vapor misturado ao ar torna-se úmido.  A umidade é muito importante para a vida de todos os seres vivos. Quanto maior a umidade do ar maior a probabilidade de chuva. Que falta ela faz!

Nesses dias quentes que estamos enfrentando, a umidade do ar está muito baixa, e nem sinal da chuva para refrescar.  Assim é o ar do deserto, seco, ou seja, sem vapor de água, sem umidade para reter o calor.

Poeira e os micróbios

Nesses dias quentes em que estamos sem chuva, podemos observar no ar uma grande quantidade de poeira. No final da tarde, podemos olhar para o horizonte e observarmos uma grande camada sobre o céu.

Junto dessa poeira podemos encontrar bactérias, vírus e micróbios causadores de muitas doenças respiratórias como asma, bronquite, rinite, sinusite, entre várias outras doenças, além dos tais gases nobres.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados