Colégio Web

Gás Metano: o que é?

Publicidade

O gás metano é representado pela fórmula química CH4. Ele é incolor e não tem cheiro. É altamente explosivo quando adicionada ao ar, é insolúvel em água e solúvel em solventes orgânicos, por exemplo, álcoois, benzenos, éteres e gasolina.

Essa substância é produzida através da fermentação por bactérias de material orgânico, como digestão de herbívoros, decomposição de lixo orgânico nos lixões, emissão de vulcões de lama, extração de combustível mineral (exemplo do petróleo) e aquecimento de biomassa anaeróbica.

Usos

Esse elemento químico é usado como matéria prima para produzir cloreto de metila, etanol, dióxido de carbono, amônia, diclorometano e acetileno.

O gás natural, que vem sendo usado como uma forma de combustível alternativo, é composto por 90% de gás metano.

Metano Gás

A combustão incompleta do metano gera água e carbono finamente divididos, isso é chamado de negro-de-fumo que é usado na fabricação de graxa para sapato.

Os aterros sanitários têm chaminés que passam por todas as camadas do que é depositado lá justamente para se livrar do gás metano que é formado. Outros o canalizam para turbinas geradoras de energia elétrica.

Efeito Estufa

O gás metano é um dos gases de efeito estufa, ele ajuda a manter a temperatura na superfície do planeta. Os raios solares entram na atmosfera terrestre, mas ao invés de voltarem para o espaço, eles são refletidos de volta por causa dos gases que ficam em torno da Terra.

Esse é um mecanismo natural que mantém o mundo com uma média de 15ºC, ideal para o equilíbrio da maior parte dos ecossistemas. Sem ele, ficaria frio demais para o desenvolvimento da vida.

Aquecimento Global

Porém, nas últimas décadas, o ser humano tem produzido gases artificialmente e soltado na atmosfera, a maior parte deles é proveniente da queima de combustíveis fósseis, principalmente de petróleo.

Gás Metano

Isso tem gerado um aumento de temperatura no planeta devido ao engrossamento do efeito estufa, e que vem prejudicando a natureza e seu equilíbrio. Esse fenômeno é chamado de aquecimento global.

Consequências

Um dos efeitos mais notáveis desse fenômeno é o degelo. As regiões do Ártico, Antártida, Groelândia e certas cordilheiras são as que mais sofrem. A Antártida perdeu 3 mil km² de extensão e o derretimento da Groelândia poderia causar um aumento de 7 metros no nível dos oceanos.

Outra consequência é a desertificação, em que há a alteração dos regimes das chuvas, intensificando as secas em certos locais e aumentando a quantidade de tempestades e furacões em outras áreas, por exemplo.

Além da perda de ecossistemas, redução da biodiversidade, disseminação de doenças e perda de áreas férteis para a agricultura.

Uma medida a ser tomada, que poderia amenizar esses problemas, seria diminuir a emissão de gases que causam o aumento do efeito estufa.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados