Colégio Web

A guerra do Líbano

2A Guerra do Líbano se origina por conta de grupos nacionais diversos entrarem em conflito religioso. É o mulçumano, cristão, druso e outros grupos menores em conflito que desencadeia todo o conflito. Com maioria cristã, o país entra em conflito com os muçulmanos que querem também status e poder.

Publicidade

Em 1970, palestinos ocupam o Sul do Líbano e começam novos embates com os cristãos. Esses últimos, não querem o povo palestino no Líbano, pois apoiam as ideias de Israel no Oriente Médio. Já o muçulmano, quer o palestino na área por ser contra o exército de Israel. Com forças tão antagônicas, eclode uma Guerra Civil que vai até 1976 com muitas mortes e cidades destruídas. A economia sofre e em 1982 é a vez de Israel invadir o país. A expulsão de militares da área e a ocupação da capital do Líbano mostra o quanto de massacre houve naquele momento. Em 1985 as tropas de Israel se refugiam no Sul do Líbano e montam zonas de segurança. Para combate-los, o Hezbollah consegue apoio do governo islã fundamentalista do Irã. A Síria também entra no circuito e o barril de pólvora só se expande.

1Em 1989 o presidente cristão do Líbano começa a compartilhar seu poder político com um primeiro ministro mulçumano sunita. O legislativo também começa a ser mesclado. Porém, os embates não cessam. Os fundamentalistas do Hezbollah continuam a agir no sul do Líbano. A Guerra Civil do Líbano só tem tréguas a partir do final de outubro em 1990.

No ano de 2000, por volta do mês de maio, houve grandes pressões para que a política de Israel fosse revista no Líbano. Cansado de tantas baixas, o governo de Israel aumentou a tensão em 2001 e mais uma vez o sul do Líbano vivenciou fortes conflitos entre o Hezbollah e Israel.

Atualmente, a situação se mantém em processo de tensão como ocorre na maioria dos países em que o Estado Islâmico se propõe a demonstrar suas forças.

A Guerra do Líbano 
A guerra só teve procedência, devido aos distintos grupos no Líbano (cristãos, muçulmanos e etc…). O grupo predominante é dos cristão tendo a maior parte do poder, enquanto os muçulmanos reivindicam sua participação no poder.

A oposição entre cristãos e muçulmanos, só contribuiu para formação da Guerra Civil do Líbano em 1975/76. Assim gerando cada vez mais conflitos entre eles. Seus combates violentos acabaram com a capital de Beirute, debilitando sua economia.

Com a invasão de Israel no Líbano em 1982, os israelenses expulsaram a OLP(Organização para Libertação da Palestina)do território libanês.

No sul do Líbano se encontra a Zona de Segurança, local onde as tropas israelenses se recuram em 1985. O sul do Líbano só foi devolvido para Israel 2000. Já em 2001 as tensões entre Hezbollah (organização política e Militar dos muçulmanos xiitas do Líbano, instituída em 1982) e Israel só aumentam.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados