Colégio Web

Tratado de Versalhes

Publicidade

TRATADO DE VERSALHES (1919) 

  

Em Versalhes, em 1919, reuniu-se a Conferência da Paz, sob a liderança dos 4 grandes: Clemenceau, representante da França; Lloyd George, representante da Inglaterra; Woodrow Wilson, representante dos Estados Unidos; e Orlando, representante da Itália. Este tratado impôs duras determinações aos alemães.

LIGA DAS NAÇÕES

Woodrow Wilson, presidente dos Estados Unidos, lançou a idéia de abolir a “diplomacia em segredo” e de unir os povos com o intuito de evitar uma nova guerra, numa Liga das Nações que tinha os seguintes princípios fundamentais:

a) Autonomia dos povos.

b) Renúncia à política de alianças.

c) Governo de acordo com os governados.

d) Liberdade dos mares.

e) Desarmamento geral.

Genebra passava a ser a sede da Liga das Nações.

REGIMES TOTALITÁRIOS

FASCISMO

Origens – Na Itália, depois da guerra, reinava descontentamento, desemprego, inflação, miséria. Os camponeses, arruinados, ocupavam as terras. Os operários, as usinas. O governo era impotente para deter a anarquia e o caos econômico.

Benito Mussolini (1883–1945) – Jornalista, antigo membro do Partido Socialista, redator do jornal Avanti, concretizou as correntes políticas, econômicas e sociais que agitaram a Europa de após-guerra: crescimento do nacionalismo, desprezo pelas formas democráticas de governo, conciliação entre o capital e o trabalho. Fundou em 1919, em Milão, o “Partido Fascista” de caráter político-militar.

A Marcha Sobre Roma (1922) – Com a retirada do ministério Facta, o rei Vítor Emanuel foi obrigado a aceitar a colaboração dos fascista, que marcharam sobre Roma. Mussolini, à frente dos "camisas pretas", entrou na capital, e foi nomeado por Vítor Emanuel III primeiro ministro.

O Governo Fascista – Criou numerosas milícias de voluntários e obteve maioria nas eleições de 1924. Assassinaram o líder socialista Matteotti, opositor de Mussolini. Foram dissolvidos os partidos políticos, cassados os mandatos de deputados, suprimida a liberdade de imprensa. O governo, revestido de autoridade concentrada, combateu também as sociedades secretas e a concepção individualista da sociedade e do Estado e a economia liberal. O seu ideal era o "Estado Total". Liquidou a "Questão Romana" pelo Tratado de Latrão de 1929.

O Estado Fascista – Foi criado pelo partido fascista, cujo Grande Conselho determinou, como comissão eleitoral, a composição do parlamento. O chefe do governo é o Duce.

Características do Fascismo

a) Corporativismo: as classes sociais ficavam sob a tutela do Estado.

b) Totalitarismo: o Estado controla todos os setores da sociedade.

c) Nacionalismo.

d) Militarismo. 

e) Monopartidarismo. 

NAZISMO

Origens – O presidente Frederico Ebert, socialista, foi substituído em 1925 pelo Marechal Hindenburg, de grande prestígio e representante da aristocracia agrária. Formou-se um novo partido, em Munique, "Operário Alemão", que se transformou em Partido Nacional Socialista (abreviado para Partido Nazista) com Adolfo Hitler, influenciado pelas idéias anti-semitas, totalitárias e racistas de Gottfried Feder. Numa cervejaria de Munique, foram apresentados os princípios fundamentais do partido, entre outros: eliminação dos judeus da vida publica, nacionalização das indústrias, participação do Estado no lucro das grandes indústrias, pena de morte para os traidores.

Adolf Hitler (1889-1945?) – Nasceu na Áustria. Foi soldado na Primeira Guerra Mundial, chegando ao posto de cabo. Bom orador recebeu o apoio de oficiais do exército e de homens como Rudolf Hess, Hermann Goering e Alfred Rosenberg. Na prisão, escreveu o livro Mein Kampf (Minha Luta). Em 1930 teve notável ascensão com a vitória obtida nas eleições parlamentares, conquistando a maioria no parlamento. Em 1933, Hindenburg, encarregou Von Papen (falecido em 1969) de organizar um gabinete, chefiado por Hitler.

Hitler no Poder – Convocou eleições imediatas. Forçou a dissolução dos partidos políticos, exceto o seu; fechou sindicatos, encheu os campos de concentração de socialistas, comunistas e judeus; arregimentou as forças morais, intelectuais, educacionais e religiosas sob a vigilância da Gestapo (a temível polícia política do Estado nazista). Passou a usar o nome "Fuehrer".

O Estado Nazista – Criado por Hitler, era mais totalitário do que o fascísta. "As massas são como uma mulher que se submeterá ao homem forte, em vez de dominar o fraco", dizia Hitler. O regionalismo foi abolido. A economia dirigida visava à indústria bélica. O nazismo combatia o socialismo, o comunismo e os ideais marxistas. É diferente do fascismo pelo seu anti-semitismo.

Características do Nazismo:

a) Racismo.

b) Ideologia divulgada pelo Estado que os alemães pertencem a uma raça superior, a raça ariana.

c) Anti-semitismo.

d) Nacionalismo exacerbado.

e) Anticomunismo.

f) Unipartidarismo.

g) Governo totalitário.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados