Colégio Web

Objeto direto preposicionado

Publicidade

VII. objeto direto preposicionado

O objeto direto preposicionado é quando o objeto direto está acompanhado de uma preposição, bem diferente do que ele realmente pede em sua definição, normalmente é a preposição a.

Por exemplo:

• Joana sempre chama a Paulo.

O objeto direto preposicionado pode ocorrer quando:

– estiver representando nomes próprios.
Ex.: 

• Sempre quis viajar a Fernando de Noronha. 

– o objeto direto for posterior ao predicativo do objeto. 
Ex.:
• Considero educado a Marcio.

– o objeto representar um pronome demonstrativo, indefinido ou interrogativo.

Ex.:

• Mandei o recado a todos.
• A quem você entregou as chaves?
• Entreguei meu coração a alguém que não deu valor.

– o objeto direto é constituído por um pronome átono e um substantivo.

Ex.: 
• Por ser desobediente, o castiguei-o e a seu irmão.

– o objeto direto é representado pelo numeral ambos. 
Ex.: Entreguei a ambos.

– os substantivos idealizarem o particípio.

Ex.:
• Beber do leite.
• Comer do pão.

– usamos determinados verbo. como tirar, arrancar, puxar, sacar. 
Ex.:

• Usei do creme.
• Peguei da água.
• Tirei da mala.
• Puxei da blusa.

– queremos impedir a ambigüidade da frase: 
• Ao professor o aluno desrespeitou.
• Entregou os livros ao pai.
• Mariana ao seu amigo abraçou.

– o objeto representar um pronome pessoal obliquo tônico:

• Você prometeu a mim que ficaria.
• Entreguei a ti minha bolsa.
• Ofereça a ele os nossos produtos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados