Colégio Web

Tipologia textual

Como os diferentes tipos de texto podem contribuir como aprendizado

Publicidade

Depois que o homem entendeu e desenvolveu a linguagem verbal e não verbal muitos avanços foram observados na comunicação e no desenvolvimento da literatura.

A linguagem fez surgir as diferentes línguas, com suas regras e determinações. A partir disso, também surgiram os textos? O que é um texto? Um outdoor é um texto. Uma placa é um texto. Um poema é um texto e um romance também. Para não ficar muito confuso, todos os textos foram divididos em gêneros textuais. Há também os textos literários.

Em outro momento falaremos dos gêneros textuais, pois hoje vamos tratar de alguns tipos de texto que mais comumente utilizamos em nossa rotina, especialmente no ambiente do trabalho.

Texto narrativo

tipos de textoÉ aquele tipo de texto que conta um fato. Pode ser fictício ou não. O texto narrativo é uma história sempre contada em determinado local/lugar e tempo.

Outra marca do texto narrativo é a presença dos personagens. Na narrativa, sempre há um tempo anterior e posterior. É preciso ficar atento a um detalhe nesse tipo de texto: os verbos sempre estarão no passado.

Em seu dia a dia você vai ter exemplo de textos narrativos nas histórias infantis, piadas, contos, fábulas, crônicas, romances, novelas, depoimentos, relatos, entre outros.

Texto Descritivo

A descrição ou texto descritivo é caracterizada por ser um retrato de determinado objeto.

Pode ser um lugar, uma pessoa, um animal ou um objeto. Uma classe gramatical sempre vai estar muito presente nessa tipologia textual: o adjetivo. Isso acontece porque o adjetivo tem essa função de ser caracterizador.

Um sentimento ou sensação pode ser objeto de descrição. Diferente do texto narrativo, não há relação de anterioridade ou posterioridade.

Para ficar mais simples, entenda que uma descrição é você criar com palavras o que você vê em uma imagem.

Exemplos: cardápio, folheto turístico, anúncio classificado, etc.

Texto Dissertativo

O texto dissertativo desenvolve um assunto e o explica. A depender do objetivo de quem escreve o texto dissertivo ele pode ser expositivo ou argumentativo.

Expositivo: vai apresentar conceitos já construídos e legitimados, ou saberes teóricos. Vai apresentar dados, expor, refletir e explicar e avaliar questões de forma muito objetiva. De forma mais exemplificada: aulas, resumos, textos científicos, enciclopédias, textos expositivos de revistas e jornais são textos dissertativos em formato de exposição.

tipologia textual

Argumentativo: o dissertativo argumentativo vai defender ideias, mas buscará persuadir o interlocutor. É uma forma de tentar convencê-lo de algo. As ideias vao progredindo dentro do texto que tem carater mais denotativo. Exemplos: sermão, ensaio, monografia, dissertação, tese, ensaio, manifesto, crítica, editorial de jornais e revistas.

Texto injuntivo: instrucional ou prescritivo

Um texto que tenha o objetivo de instruir o leitor é chamado de injutivo. É marcado por verbos no imperativo: que ordenam ou sugerem. Pode ser de dois tipos:

Instrucional: quando a orientação não aponta uma ordem, mas uma sugestão ou conselho. Exemplos: livro de autoajuda, manuais, receitas, etc.

Prescritivo: as orientações são impostas e devem ser seguidas à risca. Exemplos: receita médica, artigos de uma Constituição, as cláusulas de um contrato, o edital de um concurso público, etc.

Texto Dialogal / Conversacional

É quando ocorre um diálogo, uma conversa entre interlocutores. É o que ocorre na entrevista, conversa telefônica, chat, etc.

Texto Preditivo

Aquele tipo de texto que leva a premonições. Algo que está por acontecer. Exemplos: previsões astrológicas, previsões meteorológicas, previsões escatológicas/apocalípticas.

 

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados