Colégio Web

Plural dos substantivos compostos

Conheça as regras e fique ligado!

Publicidade

Nas provas de vestibulares e até mesmo nos concursos públicos é muito comum encontrarmos questões relacionadas ao plural dos substantivos compostos. Eles não vêm diretamente solicitando que você transforme os substantivos para o formato do plural. Pelo contrário, aparecem em questões gerais, com algum substantivo “pluralizado” dentro da fase.

É importante que o estudante esteja atento ao fato de a construção do plural do substantivo composto estar relacionada à forma como ele foi grafado. A primeira questão a ser observada diz respeito ao tipo de palavras que compõem o composto.

Depois de entender o tipo, procure identificar a relação que elas exercem entre si.

Aquelas palavras “duplas” que não são grafadas com hifens são classificadas como substantivos simples.

Confira os exemplos:

Aguardente: aguardentes
Malmequer: malmequeres

Fique atento!

O plural dos substantivos simples com palavras “duplas” não costuma ser muito cobrado. Por outro lado, os substantivos compostos ligados por hífen sempre aparecem nas avaliações. As dúvidas são frequentes e para que você não fique em situação difícil, procure fazer bastante exercícios.

Além disso, confira algumas regrinhas básicas que facilitam a compreensão.

Quando os dois vão para o plural?

Os dois elementos, ou seja as duas palavras vão para o plural nas seguintes situações:

Substantivo + substantivo (ligado por hífen)
É o caso de couve- flor, que fica pluralizado como couves-flores.

Substantivo + adjetivo
Se você observar, o plural de amor-perfeito é amores-perfeitos.

Adjetivo + substantivo
Veja o exemplo: gentil-homem ficará gentis-homens

Numeral + substantivo
Quinta-feira e suas demais companheiras sempre ficarão ambas no plural. Veja: quintas-feiras, sextas-feiras, segundas-feiras.

Plural dos substantivos compostosQuando somente o segundo elemento fica no plural?

Confira os casos em que apenas o segundo elemento ficará no plural:

Verbo + substantivo
È o caso de guarda-roupa: guarda-roupas

Palavra invariável + palavra variável
Entenda: alto-falante será pluralizado por alto-falantes

Palavras repetidas ou imitativas
Exemplo: reco-reco por reco-recos

Quando o primeiro elemento vai para o plural

Esses casos são menos comuns e por isso é importante que fique bem fixado:

Substantivo + preposição clara + substantivo
Água-de-colônia: águas-de-colônia

Substantivo + preposição oculta + substantivo
A preposição não aparece diretamente, mas pode ser colocada. È o caso de cavalo-vapor que ficará pluralizado com cavalos-vapor

Substantivo + substantivo
Sendo que o último é determinante do primeiro. É quando o termo aponta a função do termo anterior.

Exemplos:
palavra-chave – palavras-chave
bomba-relógio – bombas-relógio
notícia-bomba – notícias-bomba
homem-rã – homens-rã
peixe-espada – peixes-espada

Não há variação

pluralVerbo + advérbio
O bota-fora vai ser conjugado como “os bota-fora”.

Verbo + substantivo no plural
O saca-rolhas permanecerá “os saca-rolhas”.

Casos diferenciados

O louva-a-deus, que ficará: os louva-a-deus. É o caso de o bem-te-vi, q eu será flexionado como os bem-te-vis. Diferente de malmequer, o bem-me-quer será pluralizado como os bem-me-queres.

Um joão-ninguém será flexionado como “os joões-ninguém”.

Agora que você já conhece as regras, procure construir frases com vários exemplos. A melhor forma de fixar esse tipo de conteúdo está na resolução dos testes. Além disso, comece a utilizar esse tipo de expressão com maior frequência em seu cotidiano! Bons estudos!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados