Colégio Web

Definição e classificação dos substantivos

substantivoOs substantivos representam a classe gramatical, morfológica de termos que nomeiam todo e qualquer ser. Um ser real ou imaginário, abstrato ou concreto, podendo ainda incluir algumas ações, qualidades, determinados sentimentos e qualidades.

Publicidade

Qualquer classe gramatical antecedida por artigos, pronomes demonstrativos, pronomes indefinidos ou pronomes possessivos acabam se tornando substantivos: o sofrer, um hoje, nosso padecer, um sabe lá o quê, o não, o sim, nenhum talvez, esse chorar, um fechar-se, o querer, aquela clara-escura.

Diferentes classificações dos substantivos

As diferentes classificações dos substantivos são importantes para entender as características dessa classe gramatical.

Comum: nomeia grupos de seres de uma espécie idêntica.

Exemplo: abraço, rádio, nação, município, bicho, boca.

Próprio: nomeia um ser particular de uma espécie. Nome de indivíduos, times, municípios, etc.

Exemplo: Rio de Janeiro, Brasília, Rio Grande do Norte, Jamaica, Estados Unidos da América.

Abstrato: nomeia qualidade, estado, sentimento ou ação cuja existência vai depender de outros seres. Entenda como funciona: a tristeza, por exemplo, precisa de um fato concreto (um episódio, um acontecimento, um elemento desencadeador). E a tristeza age em alguém. Se manifesta em alguém. Depende de alguém.

substantivoOutros substantivos abstratos: ironia, beleza, prazer, cansaço, verdade.

Concreto: vai nomear um tipo de ser cuja existência é muito particular e não depende de outros seres ou ações.

Exemplo: mulher, beija-flor, alma, Deus, vento.

Primitivo: é o substantivo que não deriva de outros. Esse tipo de nome não depende de outros.

Exemplo: água, noite, carroça, mar, dia.

Derivado: é um nome, um substantivo, mas que deriva de outros nomes e substantivos.

Exemplo: diaristas (de dia), noitadas (de noite), carroceiros (de carroça), maremotos (de maré), aguaceiros (de água)

Simples: é o nome que apresenta um único elemento formador. Um único radical.

Exemplo: cheiro, água, flor, couve, pau, caneta.

Composto: é o substantivo, o nome que se forma a partir de dois elementos.

Ex: couve-flor, água de cheiro, caneta-tinteiro.

Coletivo: é um substantivo comum, mas que será usado para explicar, definir um outro conjunto de seres de uma mesma espécie.

Ex: flora (conjunto de plantas de uma determinada região), tertúlia (pessoas amigas, conjunto de amigos), floresta (diferentes concentrações de árvores), panapanás (conjuntos de borboletas)

É importante que seja observado o fato de que, em determinados momentos, o substantivo vai adquirir diferentes classificações. Uma mesa é, por exemplo, classificada como substantivo comum, mas também está no rol de substantivos concretos. O termo mesa ainda vai ser classificado como substantivo primitivo e simples. Já um fato, diferentemente da mesa, vai ser classificado como substantivo primitivo, simples, mas de cunho abstrato. E ainda é um substantivo comum.

Na compreensão dos substantivos também é de salutar importância que se observe as flexões. Elas vão variar em termos de gênero (feminino ou masculino), em questão de número (plural e singular) e também em termos de grau (diminutivo e aumentativo).

A ampliação da familiaridade com o universo dos substantivos se dá por meio da leitura. Em meio a tantas novas formas de expressões digitais, não se pode abandonar esse tipo de prática que tanto enriquece a formação do indivíduo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados