Colégio Web

Organização citológica do áscon

Publicidade

6. Organização citológica do áscon 

O áscon não apresenta órgãos diferenciados, porém possuem células que desempenham determinadas funções. Duas camadas de células formam a parede do corpo, a camada mais externa é de origem ectodérmica, denominada dermal; e a camada mais interna é de origem endodérmica, denominada gastral. 

Entre essas duas camadas celulares há um mesênquima gelatinoso. A camada central do corpo é denominada átrio ou espongiocela. Os tipos de células encontrados nessas duas camadas celulares e no mesênquima são: 

Pinacócito 

São células achatadas que formam a camada externa do áscon, a camada dermal. 

Coanócitos 

São células flageladas dotadas de um colarinho, que formam a camada interna do áscon, a camada gastral. 

Porócitos 

São as células atravessadas por uma perfuração cônica. Tais perfurações formam os poros que são responsáveis pela ligação do átrio com o meio externo. 

Miócitos 

São células alongadas e contrácteis, que revestem os poros e o ósculo.
 
Amebócitos 

São células que apresentam movimento amebóide. São encontradas no mesênquima e exercem diversas funções. São divididos em: 

Escleroblastos: São as células que constituem as espículas minerais. 

Arqueócitos: possuem diversas funções, como: distribuem nutrientes, digerem alimentos, formam estruturas reprodutivas como brotos, gêmulas, espermatozóides e óvulos. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados