Busca Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Geografia » População Mundial » Pirâmides Etárias
Postado em 01/06/2012 10:06

Pirâmides Etárias

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

A estrutura da população mundial (pirâmides etárias)

1. A importância desse estudo

O número total de habitantes de uma cidade, país ou região, por si só tem grande significado. Mas quando aliamos esses números a outros dados populacionais, como os da economia, da saúde, da educação, da habitação, dos transportes, da produção de alimentos entre outros, poderemos traçar um perfil mais fidedigno dessa população.

Por idade e por sexo – Entre os dados mais importantes de uma população, encontra-se a composição por idades e por sexo. Seu estudo possibilita uma interpretação situacional da população para planejamento socioeconômico. Esses dados sobre a estrutura etária informam a administração de uma cidade ou de um país, por exemplo, quantos empregos precisam ser criados anualmente para que se possa absorver o contingente de mão-de-obra que, a cada ano, chega ao mercado. Podem, ainda, interferir no crescimento demográfico, ora estimulando, caso haja necessidade, ora desestimulando o crescimento por meio de políticas públicas.

2. Classificação por idade 

Existem duas formas de classificação. Tanto uma como a outra levam em conta, de forma aproximada, a relação que existe entre a idade biológica e a idade profissional: PEA (População Economicamente Ativa).


Pirâmide Etária
– Para representar essas informações, utiliza-se a pirâmide etária – representação gráfica da composição da população de um lugar em função da idade e do sexo, em um ano determinado. "Esse gráfico é construído marcando-se, na linha da ordenada (vertical), as idades da população de zero até o limite superior (80 anos ou mais); na linha da abscissa, (horizontal) os efetivos da população, ou seja, sua quantidade ou número em cada idade – ou em cada grupo de idades – em valores absolutos ou ainda em percentagem, representando a população do sexo masculino de um lado da pirâmide e a do sexo feminino de outro" (Adas, Melhem. Panorama Geográfico do Brasil: contradições, impasses e desafios socioespaciais. Moderna, p. 488. 2000).

Três faixas etárias – Com a finalidade de planejamento econômico-social costuma-se dividir a população em três faixas etárias principais: jovem, adulta ou madura e velha ou senil. Essa divisão, porém, apresenta diferenças quanto aos intervalos de idade de acordo com a conveniência do país ou do organismo interessado.

A pirâmide etária pode ser compreendida ou interpretada a partir de suas três partes:

a) A base – É a parte inferior da pirâmide, onde está relacionada a população jovem (0 – 14 anos ou 0 – 19 anos).

b) O corpo – É a porção intermediária da pirâmide, onde está representada a população adulta (15 a 59 anos ou 20 a 59 anos).

c) O cume, o ápice ou o pico – É a porção superior da pirâmide, onde está representada a população idosa ou velha (igual ou acima de 60 anos).


Publicidade

Recomendados para você

Comentários

Publicidade