Colégio Web

Qual o papel do Senador no Estado?

Publicidade

Com as eleições chegando, cresce o interesse das pessoas em procurar informações que possam lhes fazer entender um pouco mais sobre o processo eleitoral brasileiro e também sobre o processo político.

No entanto, praticamente todos os holofotes ficam direcionados para a disputa presidencial, e a maior parte das pessoas acaba por relegar ao segundo plano os outros cargos em disputa, sendo que um deles em especial é de suma importância para o cenário político nacional.

Estamos falando do Senador da República, cargo que é importante e que possui nada menos do que 3 para cada um dos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal. Portanto, vamos conhecer um pouco mais sobre o papel do Senador no Estado brasileiro.

Parte do Poder Legislativo

poder legislativo

Pouca gente se lembra, mas o senador é uma parte integrante do importante Poder Legislativo, sendo que cabe a ele criar e alterar leis no âmbito federal, além de também atuar como fiscal em relação às ações e aos gastos feitos pelo Poder Executivo.

Daí a sua importância para o funcionamento do sistema político brasileiro, já que o Senado é a casa que aprova as dívidas de todos os estados da federação, além de também ser a casa que tem a palavra final no que diz respeito aos acordos internacionais firmados pelo governo federal.

Quantidade de senadores

Senado

Atualmente, dentro da lógica do Brasil, há 81 senadores, que são eleitos para exercer mandatos de 8 anos, sendo que o sistema político brasileiro prevê que a cada 4 anos, 1/3 desse total seja renovada por novas eleições.

Como já dito anteriormente, cada estado possui 3 senadores, o que torna sua representatividade a mais democrática de todas, já que estados menores, maiores, mais populosos e mais importantes, enfim, todos possuem o mesmo número de senadores.

Atualmente, segundo dados divulgados pelo site Contas Abertas, cada Senador da República do Brasil custa aos cofres públicos nada menos do que 168.820,42 reais por mês, sendo que esta quantia agrega salários, verba de gabinete, auxílio moradia, verba indenizatória, conta de telefone, correio, gastos com combustível, gastos com passagens, carro com motorista, assistência médica e gráfica.

Portanto, agora você já sabe quanto custa, para que serve e qual a importância de um Senador da República para o estado brasileiro, o que lhe confere plenas condições de escolher qual será o melhor candidato para lhe representar nesta importante função dentro da lógica do sistema político do país.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados