Colégio Web

Índice de reprovação de Dilma é o pior desde o início do primeiro mandato

Publicidade

A pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha revelou que o Governo Dilma Rousseff tem a pior avaliação desde o início do mandato da presidente. O estudo foi divulgado no último final de semana e aponta que 65% dos entrevistados avaliam a atual gestão como Ruim ou Péssima.

Em relação ao último levantamento, em dezembro de 2014, houve um salto de 24% para 65% nos seis primeiros meses do segundo mandato de Dilma.

Avaliação negativa cresceu desde reeleição

Desde o primeiro levantamento do Datafolha sobre o segundo mandato da presidente Dilma a avaliação negativa tem crescido. Em fevereiro deste ano o índice representava 44% dos entrevistados.

Em março houve um salto para 62%, mas no mês seguinte a avaliação teve uma queda atingindo 60%.

Economia puxa índices negativos

reprovação de Dilma

Na pesquisa mais recente do Datafolha somente 10% dos entrevistados avaliaram o governo como Bom ou Ótimo. Em dezembro passado esse índice representava 42%. O principal fator para a impopularidade de Dilma está no desempenho da economia brasileira.

As recentes medidas de austeridade, como a mudança nas regras para a aposentadoria e seguro-desemprego geraram insatisfação nos brasileiros. Somado a esse cenário está o crescimento do desemprego, onde 70% veem o cenário nacional com pessimismo.

Os que consideravam o governo como Regular representam 24% na pesquisa do Datafolha. Em dezembro passado o índice era de 33% e se manteve o mesmo em fevereiro deste ano. Entre março e junho a avaliação oscilou de 24% para 27%, até retornar aos 24%.

Dilma se aproxima de Collor

Fernando Collor de Melo foi único presidente do Brasil a sofrer o processo de impeachment. Antes de ser retirado do poder em 1992, sua avaliação negativa atingiu o recorde de 68%.

Isso faz de Dilma a segunda presidente com pior avaliação na história dos levantamentos do Datafolha.

Índice de reprovação de Dilma é o pior desde o início do primeiro mandato

Desaprovação em diferentes grupos

Diferentemente do que aconteceu no período das eleições o grupo de baixa renda também avaliou negativamente o governo Dilma. Nos grupos que recebem até dois salários mínimos apenas 11% aprovam e 62% a reprovam.

Números semelhantes são encontrados entre o grupo mais rico: enquanto 12% aprovam outros 66% desaprovam Dilma no poder. Por região, 7% no Sudeste aprovam em oposição aos 14% no Nordeste.

A pesquisa do Datafolha foi realizada entre os dias 17 e 18 deste mês e ouviu 2.840 pessoas em 174 municípios.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados