Colégio Web

Fcundes Varela

Publicidade

Romantismo Poesia 2

1. POETAS DA SEGUNDA GERAÇÃO

ÁLVARES DE AZEVEDO

NASCIMENTO E MORTE – Manuel Antônio Álvares de Azevedo nasceu em São Paulo, em 12 de setembro de 1831, onde faleceu em 25 de abril de 1852, vítima da tuberculose.

Fez seus estudos primários e secundários no Rio de Janeiro, com notável brilho.

DIREITO – Em 1848, voltou para São Paulo e matriculou-se no curso de Direito, com apenas dezessete anos de idade. Na faculdade, fez parte da Sociedade Epicuréia, fundada em 1845 e destinada a difundir aqui a existência boêmia de Byron (poea do Romantismo inglês).

SONHO E EVASÃO – Característica principal de sua obra: desejo de morte, com tendência para o sonho e para a evasão – influências byronianas.

POETA MADURO – Apesar de adolescente, Álvares de Azevedo é, talvez, o mais maduro dos poetas da Segunda Geração Romântica, quer pela qualidade literária de seus versos, quer pela erudição com que compunha seus escritos.

TIMIDEZ – A leitura dos contos de Noite na Taverna faz supor um poeta boêmio, constantemente ébrio e intimamente ligado a mulheres. Total engano: Álvares de Azevedo era tímido, quieto, dedicado aos livros e à poesia. As mulheres, criou-as o poeta nos recônditos da imaginação, talvez para combater o tédio e acalmar a libido.

MORTE AOS VINTE ANOS – Morreu vitimado pela tuberculose, aos vinte anos de idade, não vendo reunida em livro a sua obra máxima: Lira dos Vinte Anos.

POEMAS FAMOSOS:

1. Lembrança de Morrer

2. Se eu Morresse Amanhã1.

3. Idéias Íntimas

4. Virgem Morta

OBRAS

1. Lira dos Vinte Anos (1853, poesia)

2. Noite na Taverna (1855, contos fantásticos e macabros. Numa taverna, em noite escura de tormenta, entre mundanas, bêbadas e adormecidas, jovens boêmios (Solfieri, Johann, Gennaro, Bertran, Hermann e Arnold) resolvem contar casos verdadeiros e escabrosos que tivessem vivido).

3. Macário (1855, teatro. Diálogo entre Satã e Penseroso, tendo por centro os vícios e desatinos da cidade de São Paulo).

4. Pedro Ivo (1855, poema épico).

5. Conde Lopo (1886, poema dramático).

FAGUNDES VARELA 

NASCIMENTO E MORTE – Luís Nicolau Fagundes Varela nasceu na Fazenda Santa Rita, município de Rio Claro, Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1841. Morreu em Niterói, em 1875.

Passou a infância em vários lugares: Catalão (Goiás), Angra dos Reis, Petrópolis e Niterói.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados