Colégio Web

Tricomoníase

2As doenças sexualmente transmissíveis precisam estar mais frequentemente no dia a dia da população. Não para serem tratadas, mas sim como elemento de informação para ser amplamente discutida e evitada. Muitas mulheres e homens contraem esse tipo de doença por pura falta de conhecimento em relação ao próprio corpo.

Publicidade

São pessoas que não possuem noção de que o organismo afetado por um fungo, vírus ou bactéria pode ser amplamente prejudicado. Tais informações, bem como outros dados importantes sobre sexualidade humana, deveriam ser ensinados desde a mais tenra idade na própria escola. Assim, o conteúdo passaria a ser visto como um objeto de respeito, já que temas assim são apresentados diretamente pela escola e família. Se a família nem sempre dá conta de conversar com os filhos sobre temas tão considerados tabus, que a escola também assuma essa papel enquanto disciplina, conteúdo fixo da vida estudantil.

Hoje falaremos sobre um desses conteúdos: a tricomoníase. Um tipo de infecção que aparece nas genitálias do homem ou da mulher e é causada por protozoários do tipo Trichomonas Vaginalis. Como ocorre a transmissão? Pela relação sexual mesmo ou quando há contatos íntimos com a secreção de alguém que está contaminado. O homem pode transmitir para a parceira e a parceira para o homem. Na maioria dos casos, a Tricomoníase incomoda as mulheres.

Esse protozoário e parasita conhecido como Trichomonas vaginalis só se interessa pelos humanos. Gosta de morar nas regiões da uretra e vagina, mas pode aparecer em outros espaços do sistema geniturinário. Acaba permanecendo nas regiões internas da vagina e, além de dor, provoca um tipo de microlesão. Os especialistas alertam ainda que dele podem surgir outras doenças sexualmente transmissíveis.

E quais são os sintomas?

1Na mulher, os sintomas começam logo depois do período menstrual. Mas, também podem aparecer em outras épocas. É um tipo de doença que pode, entretanto, só apresentar sintomas depois de alguns meses já com o parasita alojado no organismo. Por isso o tratamento e a prevenção devem ser sempre a melhor alternativa para os pacientes.

Os sintomas que logo aparecem e mostram a chegada da tricomoníase são:

Um tipo de corrimento de cor amarela ou amarela-esverdeada;

  • Coceiras;
  • Odores fortes e desagradáveis
  • Irritação na vulva
  • Dor e dificuldade para a saída da urina

Se a mulher ou homem reconhece tais sintomas, devem imediatamente procurar os médicos especialistas. Estes, solicitarão exames feitos em laboratórios ou mesmo aqueles que já recolhem as secreções vaginais como o PCR ou cultura de secreção. O exame de sangue será avaliado e se confirmará a instalação de processo infeccioso no organismo.

Nos consultórios médicos, para as mulheres, um dos principais métodos de diagnóstico das doenças sexualmente transmissíveis é o exame do Papanicolau.

Trichomonas vaginalis

• Hospedeiro definitivo: Homem.

• Hospedeiro intermediário: não há.

• Causa uretrite no homem (geralmente assintomática).

Atualmente a presença deste protozoário tem sido freqüentemente relacionada ao câncer do colo uterino, mas sem nenhuma comprovação científica.

Profilaxia:

• Evitar banheiros públicos.

• Evitar o uso de roupas de outras pessoas.

• Fazer sexo seguro.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados