Colégio Web

Leishmaniose

Publicidade

Protozoozes: Leishmaniose 

• Hospedeiro definitivo: homem

• Hospedeiro intermediário: mosquito (fêmea) – Gênero: Lutzomyia (Flebótomos), mosquito palha ou birigui.

Obs: Pode ser transmitida por meio de transfusão sangüínea, drogas injetáveis ou pode ser congênita ( passada de mãe para filho).

• Leishmaniose tegumentar americana ou cutânea: Caracterizada por lesões cutâneas que não cicatrizam, ou demoram muito para cicatrizar. doença considerada uma zoonose, pois pode comumente ocorrer em roedores, cães e cambas.

• Leishmaniose visceral: Doença caracterizada por esplenomegalia (aumento do baço e do fígado), pode causar desregulação na produção de células sangüíneas pela medula óssea (parasitada), podendo levar a morte.

Profilaxia:

• ipedloucura6dos doentes.

• Combate ao vetor.

• Taenia saginata (hospedeiro intermediário: boi): ausência de ganchos fixadores, existem apenas as ventosas, escólex quadrangular e apicais, comprimento maior.

• O porco adquire ovo embrionado com embrião hexacanto ao ingerir alimentos contaminados, com fezes humanas.

• No interior do intestino delgado do porco, ocorre eclosão do ovo com liberação da oncosfera.

• A oncosfera perfura as paredes do intestino delgado do porco atingindo a musculatura e transformando-se em uma larva denominada Cisticerco.

• A teníase ao ingerir carne de porco (ou boi) mal passada contaminada com cisticercos, com aspecto de pipoquinha branca, também chamado de canjiquinha.

· No interior do intestino delgado, o cisticerco transforma-se em uma Taenia adulta (presença de somente um verme)

• No intestino, ocorre reprodução sexuada (Taenia hermafrodita) sendo que os anéis adultos (proglotes) serão eliminados juntamente com as fezes.

• No caso dos portadores de T. solium, pode ocorrer uma nova contaminação do indíviduo pela falta de higiene, através dos ovos do parasita, que saem pelas fezes, ou através de alimentos contaminados por outros indivíduos portadores de T. solium. Neste caso, o indivíduo desenvolve a cisticercose, que pode causar a morte devido ao comprometimento do cérebro.

Obs.: Estes ipedloucura2não possuem tubo digestivo, portanto, vivem da absorção do alimento, através do sangue do homem.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados