Colégio Web

Dia de Santa Terezinha – 1º de outubro

Conheça a história desta santa que tem uma história de fé e devoção.

Publicidade

Muitos santos, na religião católica, contam com um dia destinado a sua homenagem. Em alguns casos estes dias acabam se tornando mais lembrados pelas pessoas, especialmente aqueles que são considerados feriados. Mas muitos passam em branco para quem não acompanha mais de perto a religião.

dia-de-santa-terezinha

O Dia de Santa Terezinha, por exemplo, é comemorado no dia 2 de outubro, e que acaba sendo comemorado em locais isolados, como as cidades que contam com paróquias e igrejas desta santa. Ela também costuma ser chamada de Santa Terezinha do Menino Jesus, tamanha a história de devoção ao principal nome do cristianismo.

A história de Santa Terezinha

De acordo com os registros históricos desta santa, e ao contrário do que muitas pessoas pensam, ela não é brasileira, tendo nascido na França, no ano de 1873. Desde muito cedo na sua vida, Terezinha descobriu que sua vocação seria o amor, e que seu coração estava inserido dentro da igreja católica.

Quando criança, seguiu a crença dos seus pais, uma vez que foi criada em uma família temente a Deus. A família de Terezinha também sofreu diversas perdas, uma vez que os pais dela tiveram oito filhos, mas quatro dele morreram de forma precoce. Aos 15 anos de idade, Terezinha deu entrada no Mosteiro das Carmelitas em Lisieux, com a autorização do Papa Leão XIII.

A tamanha dedicação que ela tinha ao Menino Jesus fez com que ela passasse a assinar suas cartas como Teresa do Menino Jesus, e depois que recebeu o seu hábito passou a assinar como Irmã Teresa do Menino Jesus e da Santa Face.

dia-de-santa-terezinha-2

Durante o seu tempo dentro do Mosteiro, passou a se dedicar a diversas causas que tivessem como principal missão ajudar os pobres e mais necessitados. Pregava sempre a importância do amor no coração dos homens, e que ele deveria estar presente em todas as ações do dia a dia. Escreveu diversas poesias, recreações piedosas e orações dedicadas ao Menino Jesus, ao mistério do Natal e também aos primeiros anos da infância de Cristo.

Infelizmente a Irmã Terezinha não teve muito tempo, em vida, para se dedicar as causas dos mais pobres, uma vez que morreu aos 24 anos de idade, vítima de tuberculose. De acordo com os registos históricos, suas últimas palavras foram: “Oh!…amo-O. Deus meu,…amo-Vos!”

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados