Digite o que você quer buscar:  
Postado em 31/05/2012 17:52, atualizado em 27/08/2015 13:25

Emprego do Z

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1A ocorrência de erros em relação ao emprego da letra Z é frequente. Muitas pessoas se equivocam especialmente por confundir o uso do Z com o uso do S. Por ser uma dúvida frequente, vamos tentar esclarecer todos os pontos neste artigo.

Não há soluções mágicas para que alguém aprenda como usar esta letra, daí a importância de se ampliar o hábito da leitura. Para sanar qualquer dificuldade com a língua portuguesa, nada mais certeiro que buscar compreende-la. Quando se gosta de ler, também é possível que se amplie a vontade de escrever. E assim, ocorre o aperfeiçoamento da prática da escrita de acordo com as normas.

Outra dica importante é a que preza pela consulta a materiais de apoio, sempre que houver dúvidas. Assim, o indivíduo passa a se familiarizar com a gramática e melhora seus desempenhos ortográficos. Mas, neste momento, vamos às regras de uso da letra Z em várias circunstâncias:

Verbo com sufixo “-izar”: somente se a palavra primitiva não for composta pela letra “S”.

atual – atualizar
economia – economizar
frágil – fragilizar
fiscal- fiscalizar
terror – aterrorizar…

É preciso ficar atento a alguns casos que são exceção: “catequese – catequizar”, “hipnose – hipnotizar” e “síntese – sintetizar”.

Fique atento

2Substantivo abstrato derivado de adjetivo: este é um caso bastante frequente.

embriaguez – embriagado
lucidez – lúcido
rigidez – rígido
solidez – sólido

Sufixo formador de diminutivo ou aumentativo: observamos o quão importante é entender a regra, pois são palavras pouco usadas no dia a dia.

copo – copázio
flor – florzinha
homem – homenzinho
rapaz – rapazote…

No sufixo “-triz”: quando forma palavra feminina.

atriz
embaixatriz
imperatriz…


Publicidade

Recomendados para você

Comentários

Publicidade