Colégio Web

Emprego do s

1Da mesma forma que discutimos a existência de dúvidas quanto ao uso da letra “Z”, ocorre que muitas pessoas se confundem com o uso do “S”. Por que surgem tantas dúvidas? A ortografia é tão complexa assim? Toda palavra com sonoridade duvidosa vai gerar tal confusão. É o que ocorre com o “S”, “SS” e “Z”. Há semelhanças sonoras entre os vocábulos que são grafados com estas letras e nós precisamos estar atentos para não cometermos erros.

Publicidade

Entretanto, mesmo quando demarcada toda a regra, há alguns facilitadores que auxiliam na compreensão de tais palavras. O interlocutor deve ficar atento ao que explicaremos a seguir:

Sufixos: com os sufixos “isa” e “esa”, o correto é a utilização do “S” nas palavras femininas;
poetisa
marquesa
profetisa
baronesa…

b) O “S” também deve ser empregado após o ditongo.
coisa
náusea
lousa…

c) Nos sufixos com –ês quando este vocábulo indica procedência, origem:
chinês
norueguês
inglês…

d) Para os sufixos –oso e –osa, quando estes se formam como adjetivos.
bondoso
caridosa
generoso…

Uso do SS

2E os exemplos em que se empregam “ss”?

a) Substantivo: quando relacionado a verbo com o radical –met:

submeter – submissão
intrometer – intromissão…

b) Substantivo ligado a verbo constituído pelo radical –gred:

transgredir – transgressão
agredir – agressão…

c) Substantivos que tenham ligação com verbos do radical –prim:

comprimir – compressão
reprimir – repressão

d) Em palavras substantivas formadas pelo radical –ced:

ceder – cessão…

e) Substantivo formado pelo radical –tir:

discutir – discussão
permitir – permissão…

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados