Colégio Web

Universidades particulares deverão cortar investimentos devido crise no Fies

Publicidade

As instituições de ensino superior privadas deverão cortar investimentos neste ano. De acordo com levantamento feito pela imprensa, as universidades devem perder uma boa fatia da sua receita anual devido aos problemas do Programa de Financiamento Estudantil, o Fies.

Universidades particulares deverão cortar investimentos devido crise no Fies

As medidas devem ser sentidas especialmente pelos alunos das 30 instituições que mais recebem dinheiro do Fies, ou seja, que mais possuem alunos que se utilizam do financiamento do governo para o pagamento das suas matrículas. Além do corte de investimento, as universidades e faculdades também planejam o lançamento de crédito privado.

Dentre as instituições de ensino que mais recebem verbas do Fies estão gigantes como a Unip, considerada como a maior escola do país com mais de 200 mil alunos na graduação e também instituições que pertencem ao grupo Kruton.

Cursinhos para ensino médio

Universidades particulares deverão cortar investimentos devido crise no Fies 2

Uma outra medida que está sendo tomada por algumas instituições é oferecer cursinhos pré-vestibular gratuito para alunos que residam próximas as instituições e que serão fortes candidatos a conseguirem o financiamento.

Esta é uma medida tomada a partir de uma das alterações nas regras de acesso ao financiamento que mais preocupa as instituições: a exigência de uma nota mínima no Enem de 450 pontos. Além disso os alunos também não podem tirar nota zero na redação.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados