Colégio Web

UFF decide encerrar greve após 4 meses de paralisação

Publicidade

Os professores da Universidade Federal Fluminense (UFF) decidiram suspender a paralisação, depois de quatro meses de greve da instituição. De acordo com as informações que forma divulgadas, a suspensão da greve ocorreu depois de uma assembleia geral, que aconteceu nesta terça-feira, dia 29.

UFF decide encerrar greve após 4 meses de paralisação

Com esta decisão, as aulas poderão ser retomadas a partir da próxima segunda-feira, dia 5. A classe também terá que definir um calendário para repor as aulas que foram perdidas. Uma das decisões da assembleia é garantir a reposição integral das aulas interrompidas, tanto na graduação quando na pós-graduação.

Participaram desta assembleia 576 professores da instituição, o que acabou representando um dos maiores quóruns da história, de acordo com o levantamento feito pelo próprio sindicato da categoria.

Mas o sindicato responsável por representar a classe afirma que os professores, apesar de confirmar o retorno dos professores para dentro das salas de aula, afirma que a mobilização segue para cobrar as melhorias exigidas. Uma nova assembleia deverá acontecer na próxima terça-feira, dia 6.

Negociações paradas

UFF decide encerrar greve após 4 meses de paralisação 2

A greve na UFF foi desencadeada juntamente com a greve em outras instituições federais, depois do anúncio dos cortes nos orçamentos. Representantes das classes afirmam que as negociações com o Ministério da Educação, afirmando que a pasta simplesmente não recebe mais os representantes para conversas.

Já o MEC afirma, em nota, que está trabalhando para garantir os recursos de custeio necessários para o funcionamento das universidades e também dos institutos federais.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados