Colégio Web

Três alunos são expulsos de faculdade nos EUA por ofensas racistas

Publicidade

Três estudantes da Universidade Bucknell, uma instituição privada de ensino localizada na Pensilvânia, Estados Unidos, foram expulsos por terem feito comentários racistas em um programa local de rádio.

Três alunos são expulsos de faculdade nos EUA por ofensas racistas

A decisão da diretoria da instituição de ensino foi tomada na última segunda-feira. Como trata-se de uma universidade relativamente pequena, além dos alunos serem comunicados por e-mail sobre o ocorrido, os estudantes matriculados foram convidados a comparecerem uma reunião, onde foram oferecidos maiores esclarecimentos sobre os fatos.

De acordo com o comunicado enviado pela Universidade, durante um programa de rádio três estudantes acabaram fazendo uma série de referências pejorativas aos negros. Um dos estudantes teria usado a palavra ‘N’ (nigger, em inglês, termo usado em forma pejorativa para se referir aos afro-ascendentes), outro teria dito “os negros deveriam estar mortos” e um terceiro falou ainda “linchem eles”.

O diretor da instituição declarou que “a conduta deles foi uma afronta aos nossos valores, causando danos à nossa comunidade em uma clara violação dos nossos padrões de convivência”.

Caso semelhante

Três alunos são expulsos de faculdade nos EUA por ofensas racistas 2

Este não é o primeiro caso neste ano de alunos universitários que acabam sendo expulsos de instituição de ensino superior por causa de atitudes racistas. Há algumas semanas atrás, dois alunos da Universidade de Oklahoma acabaram sendo expulsos depois de terem sido identificados em um vídeo liderando um canto racista.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados