Colégio Web

Professores do RJ seguem em greve

Publicidade

A última audiência marcada entre a diretoria do sindicado dos professores do Estado do Rio de Janeiro e representantes do Governo não conseguiu um acordo entre as partes. Com isso, os professores seguem em estado de greve, que já dura 22 dias. A reunião aconteceu na tarde desta última terça-feira, dia 03 de junho, é o Tribunal de Justiça do Rio.

assembleia-professores-clube-municipal

Apesar do impasse, alguns pontos foram acertados entre as partes envolvidas. De acordo com as informações que foram divulgadas pelo Tribunal de Justiça do Rio, o governo terá que apresentar um projeto de lei até o dia 30 de junho com uma série de itens relacionados à campanha salarial da categoria.

Por lado do sindicato, a diretoria da entidade se comprometeu a fazer um esforço para que os professores retornem para as salas de aula o mais rápido possível. Apesar disso, o sindicato afirma que os professores desejam eu o governo apresente sua proposta mais cedo, e não deixar para o final do mês, pois isso poderia retardar ainda mais o retorno das aulas.

Assembleia

1506898_757223877642289_1046539133930781298_n

O Sindicato que representa os professores do estado marcou para a próxima quinta-feira, dia 05, uma nova assembleia com a categoria com o objetivo de debater os rumos desta greve. Diferentemente do que foi divulgado pela assessoria do tribunal, os coordenadores do sindicato afirmam que não houve nenhum tipo de promessa de retorno dos professores para as salas de aula, afirmando que qualquer decisão será tomada apenas na assembleia.

Os grevistas estão pedindo ao governo um reajuste salarial de 20%, a redução para 30 horas semanais a carta de trabalho tanto para professores quanto para funcionários administrativos e também um sistema de eleição direta para os diretores das escolas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados