Colégio Web

Professores decidem encerrar greve no Paraná

Publicidade

Depois de 29 dias de paralisação das atividades, os professores do estado do Paraná decidiram encerrar a greve. De acordo com as informações que foram confirmadas pelos representantes da classe, os alunos devem retornar as aulas a partir da próxima quinta-feira, dia 12.

Professores decidem encerrar greve no Paraná 2

Apesar do retorno das atividades, os docentes aprovaram o chamado “estado permanente de greve”. Ou seja, caso o governo não cumpra qualquer acordo feito para o fim da greve os professores irão paralisar novamente as atividades.

A assembleia que marcou o final da greve dos professores do estado do Paraná reuniu cerca de 10 mil pessoas no Estádio da Vila Capanema. Após a votação os professores caminharam até o Palácio do Iguaçu para desmontar o acampamento que havia sido erguido no local.

Na quarta-feira da semana passada o desembargador Luiz Mateus de Lima já havia determinado que os professores retornassem imediatamente para as salas de aula, ameaçando aplicar uma multa de R$ 20 mil por dia para os sindicatos responsáveis pela paralisação.

Atendimento das demandas

Professores decidem encerrar greve no Paraná

O governo do estado do Paraná concordou com algumas das exigências que foram realizadas pelos professores para que eles retornassem para a sala de aula. Os professores vão receber até o dia 31 de março os valores referentes as férias, que estão atrasados. Além disso o governo também confirmou que vai chamar 1460 professores que já foram aprovados em concurso público.

Um outro ponto que foi debatido pelos participantes do movimento grevista junto com os professores foram as mudanças em algumas regras da Paraná Previdência e que mudaria o cálculo da aposentadoria dos professores. De acordo com a decisão do governo, não haverá alteração nas regras.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados