Colégio Web

Professor compara nazistas a judeus em prova e é desligado de escola

Publicidade

Uma prova de geografia acabou causando uma grande polêmica em uma escola privada do Rio de Janeiro e terminou com o desligamento do profissional da instituição. Na avaliação o professor criou um enunciado comparava nazistas e judeu em uma prova aplicada aos estudantes do 8º ano. A prova acabou sendo levada para alguns pais, que acusaram o professor de racismo.

Professor compara nazistas a judeus em prova e é desligado de escola

Na questão da prova apresentada o enunciado era o seguinte: “Conforme é sabido, os judeus foram perseguidos por Hitler durante o nazismo. Atualmente um determinado povo é tido como vítima dos israelenses, tendo que viver em assentamentos controlados por Israel. Chegaram invadindo terras e assassinando… Quem será pior? Nazistas ou Judeus?”

O fato aconteceu no Colégio Andrews, localizado na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. O diretor da instituição informou que o professor acabou sendo afastado. Além disso, a escola também entrou em contato com a Federação Israelita do Rio para elaborar uma retratação sobre o episódio.

Professor compara nazistas a judeus em prova e é desligado de escola 2

O professor garante que aquela questão foi elaborada a partir do ponto de vista isolado do professor e que não correspondia ao projeto educativo proposto pela escola aos seus estudantes. O diretor afirmou também que uma equipe de professores vai discutir com os alunos em cima da questão apresentada para extrair algo de educativo e informativo do episódio.

A prova acabou sendo anulada pela escola.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados