Colégio Web

Pesquisa revela que jovens acreditam que ensino técnico facilita entrada no mercado de trabalho

Publicidade

Novas pesquisas feitas com estudantes e jovens brasileiros revelam que o ensino técnico está conseguindo ganhar espaço e preferência entre as pessoas que terminam o Ensino Médio, diferentemente de décadas atrás quando apenas o ensino superior era levado em consideração para a entrada no mercado de trabalho.

Pesquisa revela que jovens acreditam que ensino técnico facilita entrada no mercado de trabalho 2

De acordo com as informações que foram reveladas no relatório do IBOPE, em uma pesquisa originalmente encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), cada vez mais o ensino técnico está sendo visto pelos jovens como uma forma mais fácil de conseguir entrar no mercado de trabalho.

O IBOPE afirma que 90% dos jovens que foram entrevistados concordam que o ensino técnico pode acabar se tornando um fator decisivo para as pessoas que estão entrando no mercado de trabalho. Além disso, 82% das pessoas que participaram da pesquisa afirmaram que as pessoas que possuem curso técnico conseguem ganhar salários mais altos do que aqueles que não possuem qualquer curso de qualificação após o ensino médio.

Números baixos

Pesquisa revela que jovens acreditam que ensino técnico facilita entrada no mercado de trabalho

Apesar desta mudança de mentalidade dos jovens, especialmente por causa do crescimento de ofertas dos cursos de ensino técnico no Brasil, os dados do Censo da Educação de 2013 revelam que a quantidade de pessoas que optam pela educação profissional no Brasil ainda é baixa. Apenas 7,8% dos brasileiros fazem um curso técnico e seguem a uma carreira relacionada aquele curso.

Em outros países o número é bem maior, como é o caso da Austrália que apresenta 76,8% dos jovens que optam pela educação profissional. Na Finlândia este número chega a 69,7% e na Alemanha o número chega a 51,5%.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados