Colégio Web

Ministério da Educação afirma que deverá aumentar verba de custei das universidades federais

Publicidade

O Ministério da Educação, através do seu Ministro, Mendonça Filho, afirmou em nota que deverá aumentar a quantidade de recursos que são repassados para as instituições educacionais. De acordo com as informações que foram divulgados, no mínimo os recursos que forma repassados durante 2016 serão garantidos. Além disso, o MEC afirma que haverá um acréscimo de 568 milhões para custeio e preserva orçamento para investimento em universidades e institutos federais em 2017.

MEC anuncia suspensão de vestibular de 68 cursos

Na nota, o atual ministro afirma que encontrou o MEC com um corte global que tinha ficado na casa dos R$ 6,4 bilhões, referente ao orçamento de 2016. Mas a pasta afirma que recuperou R$ 4,7 bilhões no global e R$ 1,2 bilhão para as universidades.

Ainda de acordo com o MEC, o volume de investimento nas universidades caiu de R$ 1,9 bilhão para R$ 787 milhões. A atual gestão do MEC diz que orçamento previsto para as universidades federais era de R$ 7,9 bilhões, com previsão de um corte de 31% (R$ 2,4 bilhões), dos quais afirma ter resgatado R$ 1,2 bilhão.

Mesmo com esta promessa de aumento de recursos, o orçamento global das universidades federais, previsto para o ano que vem, é 15,2% menor que o orçamento previsto para o ano de 2016. No Sistema Integrado de Monitoramento e Execução e Controle, os recursos previstos para as instituições federais de educação é de R$ 6,7 bilhões.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados