Colégio Web

Menos da metade dos países conseguem atingir metas de educação da Unesco

Publicidade

Parece que os países que se comprometeram com as metas de educação estabelecidas pela Unesco não conseguiram fazer a sua própria lição de casa. De acordo com as informações que foram divulgadas pela entidade, 1/3 das nações conseguiram cumprir o total de seis metas que foram estabelecidas em Dacar.

Menos da metade dos países conseguem atingir metas de educação da Unesco

Uma das principais metas estabelecidas, que era a de promover o acesso universal à educação primária, foi alcançado por somente metade dos governos que se comprometeram com a causa.

Um outro dado preocupante para a Unesco é a quantidade de recursos que os governos estão investindo na educação. A meta estabelecida foi de alocar entre 4% e 6% do PIB anual somente para programas educacionais, o que também não foi cumprido pela grande maioria dos países.

A boa notícia destacada pela Unesco é que a média dos países conseguiram reduzir pela metade as crianças fora da escola nos últimos 15 anos. O problema é que neste tempo houve uma inclusão de 34 milhões de novas crianças. De acordo com o levantamento mais atual que a Unesco possui nesta área, pelo menos 58 milhões de crianças estão fora das escolas, e outras 100 milhões não conseguem terminar a educação pública.

Dados no Brasil

Menos da metade dos países conseguem atingir metas de educação da Unesco 2

O relatório relativo ao desempenho do Brasil no setor da educação nos últimos 15 anos mostra que houve avanços consideráveis no sistema, mas também aponta que a nação conseguiu atingir apenas duas das seis metas estabelecidas para o período.

Nesta última década e meia o país conseguiu universalizar o acesso à educação primária, que corresponde a primeira metade do ensino fundamental, e também conseguiu alcançar a paridade e a igualdade de gênero na educação, ou seja, a mesma quantidade de meninos e meninas nas escolas.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados