Colégio Web

Mato Grosso do Sul anuncia teste oral para detectar HIV no carnaval

Publicidade

Com a chegada do carnaval, cresce o número de pessoas que acabam se colocando em situações de risco de contágio de HIV, já que com o consumo excessivo de álcool e de drogas, em muitos momentos, a camisinha acaba sendo esquecida.

É pensando nisto, que o governo do Mato Grosso do Sul anunciou a chegada de um revolucionário e moderno teste oral para detectar a presença do vírus HIV, que já começou a ser distribuído.

Sobre o teste

Mato Grosso do Sul anuncia teste oral para detectar HIV no carnaval

Sem a necessidade de coleta de sangue, o teste oral que indica a presença do vírus HIV traz uma série de vantagens às pessoas, sendo que uma das principais delas é o tempo para entregar o resultado, já que ele sai em apenas 30 minutos.

O teste é feito com base na coleta de fluído localizado entre a região da gengiva e do começo da mucosa da bochecha do paciente, de modo prático, rápido e completamente indolor.

A intenção é fazer com que o maior número de pessoas antes, durante e após os festejos de carnaval esteja devidamente informado sobre a presença ou não do vírus HIV em seu organismo.

Uma ação nacional

O anúncio feito pelo governo do Mato Grosso do Sul chega não como uma ação regional localizada, mas sim, como parte de uma grandiosa ação nacional promovida pelo Ministério da Saúde, que visa combater a AIDS.

Além desta ação de importante para descobrir se há mais pessoas contaminadas pelo vírus HIV, o Ministério da Saúde segue com campanhas preventivas importantes para o carnaval, procurando conscientizar ainda mais as pessoas em relação à importância de se proteger.

MS anuncia teste oral para detectar HIV no carnaval

Como parte desta ação nacional de combate à AIDS, o Ministério da Saúde já anunciou que durante o carnaval, nada menos do que 120 milhões de camisinhas serão distribuídas gratuitamente aos foliões em postos de saúde e também em locais espalhados pelos principais pontos de folia do país.

O nome da ação, que neste ano é mais voltada aos jovens, que segundo pesquisas recentes, estão começando a praticar comportamento de risco com maior frequência, é “Partiu Teste”.

A base desta ação importante do Ministério da Saúde está situada em três pilares principais importantes: a distribuição de camisinhas gratuitamente, a realização de testes orais gratuitos e a distribuição de medicamentos.

Com isto, o Ministério da Saúde, bem como o governo do Mato Grosso do Sul, esperam diminuir a incidência de contaminação por HIV durante este carnaval.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados