Colégio Web

Maioria das Unidades da USP decide utilizar ENEM como processo seletivo

Publicidade

Mais da metade das unidades da Universidade de São Paulo (USP) aceitaram utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o processo seletivo como alternativa ao atual vestibular da Fuvest. Para realizar um período de testes, a instituição quer fazer um processo seletivo com 15% do total de vagas já no próximo processo seletivo.

Maioria das Unidades da USP decidem utilizar ENEM como processo seletivo

De acordo com esta atual proposta, as vagas seriam reservadas para serem disponibilizadas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ainda não se sabe quantas vagas seriam liberadas pelo Enem para cada um dos cursos, uma vez que isso depende basicamente de uma negociação interna com as faculdades.

Dentre as unidades que já se mostraram favoráveis para adotar o Enem como processo seletivo estão as de Medicina, Direito, Economia, Administração e Contabilidade (FEA) e Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Nos campi do interior, a maioria também aprovou a ideia.

Aumentar a inclusão

Maioria das Unidades da USP decidem utilizar ENEM como processo seletivo 2

A principal proposta da direção ao incluir cursos no Sisu é aumentar a quantidade de alunos que poderão ser inclusos na universidade, uma vez que este sistema unificado permite com que pessoas de outros estados concorram sem eles terem que ir especificamente para São Paulo realizar os exames.

Existe também uma proposta dentro da Universidade para que seja mantido o vestibular da Fuvest junto com o Sisu. Desta forma a instituição teria dois perfis diferentes de seleção, o que poderia ampliar ainda mais as possibilidades e as chances dos alunos, já que eles poderiam concorrer nos dois.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados