Colégio Web

Jogar futebol pode melhorar desempenho de alunos na escola

Publicidade

Em plena Copa do Mundo as atenções estão todas voltadas para o que acontece dentro dos gramados dos estádios brasileiros. Mas neste momento também aumentam os sonhos daquelas crianças e adolescentes que sonham se tornar um jogador de futebol. Mas é claro que muitos deles enfrentam o desafio de ter que conciliar os treinos de futebol com a escola e vice-versa.

futebol faz bem para os estudantes

Mas uma pesquisa recente pode servir como mais um incentivo para que os estudantes continuem apostando nos seus jogos de futebol. Qualquer tipo de atividade física, mas especialmente as que são praticadas em grupos coletivos, como é o caso do futebol, pode ser extremamente benéfico para os estudantes dentro das salas de aula.

O estudo foi publicado no Journal of Pediatrics e tinha como principal função fazer uma investigação profunda sobre o impacto dos mais variados tipos de exercícios físicos no cérebro dos jovens, especialmente dos estudantes, e entender melhor como é que eles poderiam ajudar na capacidade de aprendizado.

Jovens que praticam esportes rendem mais

futebol faz bem para os estudantes 2

De acordo com as pesquisas que foram realizadas na Universidade de Madri, as crianças e os adolescentes que praticavam esportes coletivos, como o futebol, vôlei, dentre outros, conseguiam também obter um rendimento melhor nos estudos quando comparado com outras crianças que não praticavam o esporte mais do que era solicitado nas aulas de Educação Física.

Estiveram envolvidas nas pesquisas crianças e jovens de 6 a 18 anos de idade, sendo que participaram mais de 2 mil jovens no total. Uma outra relação interessante que a pesquisa consegui fazer foi com o fato de que os jovens que tinham melhor capacidade respiratória e coordenação motora conseguiam também apresentar um melhor desempenho em termos de notas do que seus colegas de classe.

Este tipo de estudo acaba tornando as aulas de educação física ainda mais importantes, pois investir na preparação física dos alunos pode ser uma alternativa interessante para diminuir a incidência de estudantes que não conseguem ir bem nas aulas das outras disciplinas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados