Colégio Web

IOF ganha novo aumento em 2015

Publicidade

O Imposto sobre Operações Financeiras, mais conhecido dos brasileiros pela sua sigla IOF, é um imposto que tem incidência sobre operações de câmbio, de crédito, entre outras, e é cobrado pelo governo federal para garantir arrecadação.

Para a tristeza dos brasileiros, a má notícia indica que o IOF terá um novo aumento agendado para 2015, para que o governo federal consiga garantir um aumento substancial de arrecadação para o período.

O anúncio

IOF

O novo Ministro da Fazendo, Joaquim Levy, fez o anúncio de que o IOF irá ganhar novo aumento em 2015 na última segunda-feira, dia 19 de janeiro, juntamente com o anúncio de que também irão aumentar os tributos sobre produtos importados e combustíveis.

A expectativa do governo federal com estes aumentos é de que a arrecadação chegue aos impressionantes R$ 20,6 bilhões durante o ano de 2015, o que significa um aumento considerável em comparação com 2014, por exemplo.

O que muda na prática

Para os consumidores brasileiros de um modo geral, muitas coisas irão mudar com os anúncios dos aumentos que foram feitos por Levy na última segunda-feira, mas o fato é que no que diz respeito ao IOF, a mudança na prática irá “doer” mais no bolso.

Com o aumento do IOF, o crédito ao consumidor acabará ficando ainda mais caro, o que deverá reduzir o poder de compra do já combalido consumidor brasileiro, que deverá consumir menos produtos como bens duráveis, como carros, por exemplo.

Procurando ajustar as contas públicas

Para o governo federal, segundo as palavras do próprio Joaquim Levy, as medidas mostram uma tentativa de ajustar as contas públicas, além de também aumentar a confiança da economia.

Com o aumento do IOF, e com os demais aumentos que foram anunciados, o governo federal tenta também fazer com que a atividade econômica seja maior, tentando trazer de volta a confiança dos investidores no Brasil.

Levy afirmou também que com as medidas anunciadas, a tendência é a de que a curva dos juros de longo prazo acabe por baixar, facilitando investimentos maiores por parte das empresas.

I.O.F.

O aumento do IOF em números

Segundo o que foi informado por Levy na última segunda-feira, a alíquota do IOF passará de 1,5% ao ano para 3% ao ano, o que deverá significar, que somente com o aumento do IOF, o governo arrecade em 2015 impressionantes R$ 7,38 bilhões ao final do ano.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados