Colégio Web

Greve na USP chega ao fim nesta segunda-feira

Publicidade

A maior greve da USP das últimas décadas chegou ao fim nesta segunda-feira. A Universidade de São Paulo retomou suas atividades normais neste dia 22 de setembro, depois de 116 dias de paralisação e negociações envolvendo professores e funcionários que pediam um maior aumento salarial e também outros benefícios.

Greve na USP chega ao fim nesta segunda-feira

A decisão por retomar todas as atividades aconteceu durante uma assembleia geral com professores e funcionários da instituição de ensino. A partir da retomada das aulas os professores, juntamente com os coordenadores de cada área, deverão trabalhar em cima de um cronograma de reposição de aulas, que também deverá ficar pronto esta semana. Juntamente com este cronograma a instituição também terá um cronograma do semestre letivo.

Propostas

Os professores e os funcionários concordaram com um aumento de 5,2%, que também será destinado aos professores e funcionários da Universidade Estadual de Campinas e também da Universidade Estadual Paulista. Os funcionários também concordaram em fazer hora estra de trabalho durante os próximos 70 dias para repor os dias que parados e também para manterem o recebimento dos seus salários e também do vale-refeição.

Greve na USP chega ao fim nesta segunda-feira 2

Os professores e funcionários também garantiram o recebimento de um bônus no valor de 28% em cima do salário de cada um.

De acordo com o que foi estipulado durante a audiência entre o sindicato que representa as entidades e os representantes da universidade, os funcionários deverão fazer 1 hora extra Por dia.

 

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados