Colégio Web

Governo de SP anuncia contratação de 20 mil professores

Profissionais chamados foram aprovados em concursos.

Publicidade

Um dos principais problemas enfrentados pelas escolas públicas como um todo acaba sendo a falta de professores, e o governo do estado de SP anunciou recentemente uma medida que pretende diminuir um pouco esta defasagem. De acordo com as informações que foram publicadas pelos próprios governos, serão chamados 20,9 mil professores.

governo-de-sp-anuncia-contratacao-de-20-mil-professores

Todos os professores que serão chamados nesta fase foram aprovados em concurso público realizado no ano de 2013. A autorização já foi publicada no Diário Oficial, e o anúncio foi feito pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). A convocação deverá contemplar um total de 91 Diretorias de Ensino de Secretaria da Educação e as disciplinas que os professores lecionam.

A partir desta autorização que foi publicada no Diário Oficial, o governo deverá publicar as datas da escolha de vagas será publicado após o processo de remoção, que está programado para acontecer durante as próximas semanas. A seleção deverá ser feita com base no desempenho dos candidatos e na classificação final dos participantes.

O governo afirmou que até o momento foram nomeados 38 mil do total de 59 mil vagas abertas no certame para docentes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio em todo o estado.

Novas regras para diretores

governo-de-sp-anuncia-contratacao-de-20-mil-professores-2

Além de ter anunciado a contratação dos professores, o governo do estado de SP também anunciou um novo decreto que estabelece uma série de novas regras para o concurso de diretores. A partir da próxima seleção, os candidatos deverão passar por uma série de provas escritas e também por um curso de formação nas áreas de liderança e gestão.

Mesmo depois que os diretores das escolas forem eleitos, os aprovados ainda deverão se submeter a uma avaliação periódica de desempenho individual e, simultaneamente ao período de formação, o aprovado passará pelo estágio probatório de três anos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados