Colégio Web

Expansão mulçumana: o Império islâmico

islã[1]É muito comum ouvirmos falar do povo árabe, que possui uma religião muçulmana e com determinação islâmica. Os árabes representam um povo bastante cultural e com contribuições importantes para o conhecimento humano. Para ser detentor desse título, tornou-se necessária a criação de um Império Islâmico que foi criado em VII e vigorou até XIII. Vamos entender um pouco melhor sobre tal império.

Publicidade

O povo árabe habitou, durante muito tempo, a região da Península Arábica que fica no Oriente Médio. Nessa região de litoral foram criadas algumas cidades e houve exploração da agricultura e consequente sedentarização dos povos. Mais para “dentro” da península que tem formação desértica havia alguns nômades que realizavam caravanas comerciais.

Os árabes começaram a se organizar em tribos, não havia uma boa unidade para a criação de um Estado. Do ponto de vista da religião, seguiam o politeísmo por defenderem que existem deuses nos elementos naturais e mesmo em alguns objetos sagrados.

Maomé

ae0c956a19e8bcc7aa5be0d9ed70c8edUm dos ilustres árabes conhecidos pela história humana está Maomé, que nasceu na cidade de Meca em 570. Tendo nascido em um importante polo comercial, Maomé acabou se tornando comerciante envolvido com culturas diferentes, dentre elas a dos judeus e cristãos.

Aos 40 anos Maomé teria recebido uma revelação. A palavra Alá, que significa DEUS. Por meio de um anjo. Desde então, Maomé passou a ser visto como um profeta de Deus.

O árabe passou a fazer pregações e acabou incomodando outros comerciantes e sacerdotes. Maomé acabou sendo perseguido, fugiu e se refugiou em Iatreb. Uniu diferentes tribos e sagrou-se como importante líder da cidade que passou a ser chamada de Medina.

Em 630, formou um exército com mais de 10 mil soldados e acabou conquistando a cidade de Meca. Houve destruição dos deuses que eram idolatrados e foi colocada uma pedra chamada de Caaba, que acabou se tornando um templo para os adeptos. Foi depois da cidade de Meca ter sido conquistada que houve um fortalecimento do Império Islâmico.

A Península Arábica também foi conquistada pelos súditos de Maomé. Ele morreu em 632 e seu poder foi transferido para um grupo de califas, na maioria seus parentes. O império teve o califado no poder e alguns parentes administraram o Império Islâmico até 661. Também conquistaram regiões no Egito, Síria, Pérsia e Palestina.

Num segundo momento, Damasco passou a ser a capital do Império Islâmico e a tribo dos Omíadas manteve o poder até 750. Eles mantinham-se como importante potência naval e chegaram à Índia, Oriente, norte da África e a Península Ibérica na Europa.

A terceira expansão do Império Islâmico se deu com a tribo dos Abássidas. A capital passou a ser Bagdá, na Mesopotâmia. De tantas expansões, o império acabou sendo transformado em Emirados. Os estados independentes chegaram à Sicília, na Península Itálica, ilhas de Córsega e Sardenha.

A fase de declínio chegou quando alguns territórios foram perdidos na região do Oriente. Turcos seljúcidas e mongóis foram os principais inimigos. A Península Ibérica continuou sendo dominada até 1492, quando foi tomada pelos espanhóis.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados