Colégio Web

Estudo afirma que maconha leva maioria dos adolescentes ao fracasso escolar

Publicidade

Uma pesquisa publicada esta semana pela revista científica “The Lancet” revela que os adolescentes que fumam regularmente maconha possuem mais chances de fracassarem na escola do que os estudantes que não fazem uso da substância. Segundo a conclusão do relatório, os jovens com menos de 17 anos que fumam maconha possuem 60% de chances de fracassarem nos estudos.

Estudo afirma que maconha leva maioria dos adolescentes ao fracasso escolar 2

Além do problema relacionado aos estudos, o relatório também aponta algumas outras tendências dos jovens que utilizam a maconha regularmente. Aqueles que fumam regularmente a erva e que possuí menos de 17 anos de idade apresentam sete vezes mais riscos de tentar suicídio e oito vezes mais riscos de experimentarem outras drogas.

Descriminalização

De acordo com as informações que constam no relatório e no artigo publicado e que trouxe esta pesquisa, os dados são importantes especialmente para ajudar a subsidiar as decisões do poder público em relação a descriminalização do uso da maconha, assunto em debate em diversos países.

Estudo afirma que maconha leva maioria dos adolescentes ao fracasso escolar

O estudo revela ainda que atualmente a maconha é a droga ilegal mais consumida no mundo, e em muitos países existem estudos que revelam que os jovens estão experimentando e começando a fumar maconha mais cedo, o que pode acabar prejudicando outras políticas públicas, como saúde e educação.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados