Colégio Web

Escolas particulares perdem alunos para rede pública no Paraná

Publicidade

A crise econômica está sendo considerada como o principal motivo para a perda de estudantes pela rede particular de ensino, que estão indo para a rede pública de ensino. De acordo com as informações que foram divulgados pela Secretaria de Educação do Paraná, no estado serão aproximadamente 13 mil alunos absorvidos pelas escolas públicas. O número representa mil estudantes a mais do que no ano passado.

Vola às aulas na Escola Estadual Tiradentes. Curitiba, 10/06/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr

Vola às aulas na Escola Estadual Tiradentes. Curitiba, 10/06/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr

Mas o movimento contrário também aconteceu, mas em menor número. Foram certas de 7 mil estudantes que foram transferidos de escolas públicas para as particulares.

De acordo com o levantamento feito pela secretaria, um dos principais motivos que levaram os pais a tirar os filhos da escola pública foram as greves, que este ano realmente atrapalharam, e muito, o calendário escolar do estado do Paraná. Já o movimento inverso é feito basicamente em virtude da crise financeira, que fez com que as famílias tivessem que promover cortes em seu orçamento.

Perdas também no EJA

escola

O estado também detectou uma perda significativa de alunos que faziam parte da Educação de Jovens e Adultos, o EJA. De acordo com o levantamento feito pela Secretaria de Educação, muitos estudantes também acabaram desistindo em função das greves e paralisações que acontecerem no estado.

Faturamento

Já os representantes das escolas particulares afirmam que 2016 não deverá ser um ano fácil. Muitas escolas tiveram que reduzir ou até cancelar o tradicional reajuste das mensalidades para não perder mais alunos. Mesmo assim, muitos estudantes saíram, e isso pode acabar comprometendo os investimentos destas instituições.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados