Colégio Web

Colômbia cria programa de formação em economia e finanças na educação básica

Publicidade

Economia e finanças são assuntos fundamentais nos dias de hoje. Mas o grande problema e que as escolas, não apenas em um determinado país mas sim de um modo geral, ainda estão presas ao ensino tradicional, onde apenas as disciplinas tradicionais continuam sendo ministradas. Mas alguns programas e projetos em determinados países visa mudar este quadro.

educacao-financeira-para-criancas

Na Colômbia, por exemplo, o governo anunciou a criação de um programa específico para ensinar os alunos de nível fundamental e médio lições de economia e finanças. Ao invés dos estudantes contarem apenas com algumas iniciativas isoladas de professores e de escolas que ensinam estudantes sobre como eles devem lidar com o seu próprio dinheiro, o programa será nacional e passará a fazer parte do currículo obrigatório das escolas.

De acordo com as informações que foram divulgadas pelo próprio governo, o programa que se chama “Educação Econômica e Financeira”, que vai começar no segundo semestre deste ano, sendo que em um primeiro momento 120 escolas públicas serão testadas com este novo projeto.

Educação financeira

2013-661828644-2013110733458.jpg_20131107

O anuncio do projeto foi feito pela ministra da educação, Maria Fernanda Campo, que falou durante coletiva de imprensa que esta iniciativa será um grande programa pedagógico de maneira transversal, que via permear diferentes áreas do conhecimento.

Além de prever uma série de atividades relacionadas as disciplinas convencionais tanto do Ensino Médio quanto do Ensino Fundamental, o programa também prevê uma série de programas de formação dos professores com o objetivo de capacitar os docentes.

A presidente da Associação Bancária da Colômbia (Asobancaria), María Mercedes Cuéllar, destacou o programa como “uma grande conquista” e comentou que permitirá a construção de “uma sociedade educada nos principais temas econômicos e financeiros, preparada para romper os círculos de pobreza”.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados