Colégio Web

Alunos da Turquia não poderão mais ter tatuagens e piercings

Publicidade

O governo da Turquia aprovou uma série de medidas proibitivas em relação ao comportamento dos estudantes dentro das escolas. De acordo com a proposta, os alunos não poderão apresentar qualquer tipo de tatuagem ou piercing dentro das instituições de ensino. Além disso a medida também proíbe qualquer tipo de pintura nos cabelos, a utilização de maquiagem e até mesmo barba e bigode.

Alunos da Turquia não poderão mais ter tatuagens e piercings

A medida foi publicada no Diário Oficial do governo no último sábado, dia 27 e amplamente comentada e debatida pela imprensa local. A oposição ao atual governo da Turquia foi bastante dura e afirmou que este tipo de medida era repressora e inaplicável.

Islã

De acordo com o histórico levantado pela imprensa local, o estopim para a aprovação desta medida foi a decisão do governo islamista de permitir que as meninas usem o véu nas escolas. A justificativa para a aprovação de tal medida pelo governo seria uma tentativa de restaurar valores conservadores no País. Mas a oposição afirma que este tipo de lei serviria apenas para tentar “Islamizar” o país.

Alunos da Turquia não poderão mais ter tatuagens e piercings 2

Além disso existem muitas questões sendo levantadas no âmbito prático das questões. Uma das mais importantes está relacionada as tatuagens dos estudantes. Como seria possível remover todas as tatuagens dos estudantes que já fizeram tal procedimento?

“O que vão fazer, arrancar suas peles?”, perguntou o líder sindical Veli Demir, citado pelo jornal Radikal. “O que acontecerá com quem já tem tatuagem? Isso não é decisão de uma pessoa razoável”, acrescentou. Segundo ele, essa é “uma decisão tomada por uma mente repressiva”.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados