Colégio Web

Alunos apresentam quadro de intoxicação alimentar depois de comer merenda escolar

Publicidade

Uma série de alunos apresentou quadro de intoxicação alimentar depois de comerem a merenda da Escola Estadual Mariano Teixeira, na cidade de Recife. O fato foi registrado na última quarta-feira e alguns estudantes acabaram tendo que ser levados para a emergência de um hospital nas proximidades.

Alunos apresentam quadro de intoxicação alimentar depois de comer merenda escolar

De acordo com as informações que foram divulgadas pela imprensa e confirmadas pela secretaria de educação, o problema teria acontecido depois dos alunos comerem um prato contendo arroz, feijão e peixe. A instituição de ensino é semi-integral, ou seja, os alunos passam parte do dia na escola e fazem algumas refeições no local.

Uma adolescente de 14 anos de idade acabou ficando mais tempo no hospital para se recuperar do quadro de intoxicação alimentar. De acordo com a mãe da estudante, ela teve que ficar cinco horas na emergência e ter que tomar soro.

Depois que os pais souberam que os alunos tinham passado mal depois da refeição, vários relatos apareceram em relação a qualidade do alimento. De acordo com um outro pai de estudante da mesma instituição, esta não é a primeira vez que isso acontece na escola. Em uma outra ocasião alguns estudantes também já haviam reclamado que a comida estava com um gosto estranho logo depois de reclamarem de enjoos.

Esclarecimento

Alunos apresentam quadro de intoxicação alimentar depois de comer merenda escolar 2

A Secretaria Estadual de Educação negou qualquer tipo de problema com os alimentos que estão sendo utilizados pelas escolas, especialmente pela Mariano Teixeira. Segundo as explicações que foram divulgadas pelo órgão, um estudante acabou tendo uma reação alérgica e outras duas adolescentes queixaram-se de indisposição e foram atendidos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados