Colégio Web

Aluna teve matrícula cancelada na UERJ por suspeita de fraude

Publicidade

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro está investigando um possível esquema de fraude no sistema de cotas da instituição. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Universidade, e pelo menos 10 alunos estão sendo investigados, sendo que uma das estudantes que estão sendo investigadas teve a sua matrícula no curso de Administração cancelada.

Aluna teve matrícula cancelada na UERJ por suspeita de fraude

A suspeita de fraude está relacionada as informações que são declaradas pelos estudantes e sua real aparência. A universidade acredita que estudantes que não teriam direito as cotas estariam fazendo falsas declarações para conseguir uma vaga na instituição.

Ministério Público

Aluna teve matrícula cancelada na UERJ por suspeita de fraude 2

O problema está sendo apontado pelo Ministério Público desde o mês de março deste ano, quando pelo menos 41 alunos que conseguiram entrar na Universidade do Estado do Rio de Janeiro passaram a ser investigados por possíveis fraudes contra o sistema de cotas.

Alguns documentos da investigação acabaram vazando para a imprensa. Em alguns deles existiam as declarações prestadas pelo próprio aluno, dizendo serem negros ou indígenas, mas que na foto apareciam com cabelos e olhos claros. Na ocasião, o reitor da Universidade teria dado uma declaração afirmando que a Universidade não poderia fazer nada a respeito, uma vez que as definições de cor ou raça são feitas pelo próprio estudante.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados